Canal Exclusive
Revista Online

23ª Brazil Classics Renault Show: história do automóvel em Araxá

por Redação | publicado em sexta, 18 de maio de 2018


Organizado pelo Instituto Cultural Veteran Car-MG, encontro de antigos terá mais de 300 veículos

Quem mergulha no universo do antigomobiloismo se depara, essencialmente, com a história viva do transporte automotivo no Brasil e no mundo. Protagonistas de uma época e encantando o público até hoje, serão a grande atração do Brazil Classics Renault Show 2018 – XXIII Encontro Nacional de Automóveis Antigos, a mais importante e uma das mais longevas exposições do gênero país. A cidade mineira de Araxá, a 362 quilômetros de Belo Horizonte, será palco do evento que acontece desde 1989. Aproveitando o feriado de Corpus Christi, a edição de 2018 acontece de 30 de maio a 3 de junho, no Tauá Grande Hotel Termas & Convention Araxá. Promovido pelo Instituto Cultural Veteran Car (MG), o evento tem o intuito de ressaltar a importância histórica dos carros, expondo e contando a trajetória de cerca de 300 exemplares automotivos de várias décadas e partes do mundo.

Raridades

Entre as atrações e curiosidades da exposição está o famoso Stanley Steamer. Fabricado em 1902 pela americana Stanley Motor Carriage Company, é o primeiro carro a vapor de que se tem notícia. Outra raridade é o carro mais antigo emplacado no Brasil, o francês De Dion Bouton, registrado em solo nacional também em 1902.

Dois raríssimos exemplares da Ferrari, a F40 e a F50, fabricadas em comemoração aos 40 e 50 anos da marca, respectivamente, também estarão em exposição. Outro automóvel que promete tirar o fôlego dos apaixonados por carros é o Renault R8, veículo da primeira vitória do piloto brasileiro Emerson Fittipaldi, em 1965. Àquela altura, Fitipaldi tinha 19 anos e dava os primeiros passos no automobilismo.

Outra vedete da exposição é o Fiat Zagato 1951, um coupe duas portas Specialle. A raridade vem de um pequeno museu na cidade de Carmo da Mata, Oeste de Minas. O veículo foi produzido a partir de customização e o proprietário Rúbio Fernal explica que, nas décadas de 1940 e 1950, as pessoas compravam o chassi e enviavam a um carrozzieri – profissional responsável por customizar o veículo ao gosto do freguês.

“Trata-se de um veículo único, com desenho e projeto de carroceria sobre chassis e motorização Fiat na característica Fiat Socialle. Essa obra de arte é assinada pelo projetista italiano Zagato, daí o nome do carro. Ele é de 1951, o que torna seu desenho mais fenomenal ainda, pois antecipa tendências que vieram no futuro em outras marcas. O carro, sem dúvida, se alinha entre os mais belos de todos os tempos e confirma a excelência do desenho italiano em automóveis de passeio esportivos”, explica o apaixonado proprietário que ainda levará ao evento outros cinco exemplares: o LincolnCoupe Le Baron, 1936; o Auburn Sedan Conversível carroceria Murphy 8 cilindros Lycoming, 1929; o Rolls Royce Sedan carroceria Hooper, 1953; o Cadillac Eldorado Conversível, 1956; e o Mercury Montclair Turnpike Cruiser Coupe, de 1958.

Outras atrações

Em paralelo ao Brazil Classics Renault Show 2018, acontece uma mostra cultural diversificada, com exposição do artista plástico Sérgio Dotta e suas pinturas hiper-realistas de carros antigos e hot-roads, shows com as bandas Bêjazz On The Street, Derico Duo e Quinteto Nota Certa, além da apresentação de duas importantes companhias de teatro brasileiras, a Uno e a Lúmini.

Também junto à exposição, acontece a Feira de Peças e o Leilão de Automóveis Antigos. Para participar das duas atividades é preciso se inscrever previamente pelos e-mails: denisefelisoni@hotmail.com, para o feirão, e leilao@talladegamotors.com, para o leilão do Brazil Classics que é o único da categoria realizado no Brasil. Começou na 15ª edição e é um dos grandes momentos do evento. Na última edição do evento (2016) foram leiloados 88 automóveis.

Primórdios

Realizado há 34 anos, o Brazil Classics Show nasceu da paixão de amigos colecionadores que resolveram criar uma data para celebrar o encontro e a exposição de seus veículos. Passados todos esses anos, o evento hoje reúne colecionadores de todo o Brasil. “Estamos contando a história dessa máquina maravilhosa que é o carro. Queremos destacar a sua importância histórica e congregar os antigomobilistas de todo o país para mostrar o trabalho realizado nas restaurações e incentivar a preservação desse importante segmento da história mundial. Temos certeza de que o público se surpreenderá com essa exposição. É uma oportunidade única de se ver tanta história em um só espaço”, destaca o presidente do Instituto Cultural Veteran Car – MG, Otávio Pinto de Carvalho.

Renault

Produzindo no Brasil desde 1998, a Renault, parceira do Brazil Classics Show 2018, passa pelo melhor momento de sua história no país em participação de mercado. A marca, que cresce em market share no Brasil desde 2010, atingiu, em 2017, seu recorde, com 7,7% de participação, além do recorde de exportações, com mais de 98 mil unidades – um aumento de cerca de 40% sobre 2016. O crescimento da Renault do Brasil está fortemente atrelado à renovação e à ampliação de sua gama. Hoje a marca fabrica sete veículos no país: Kwid, Sandero, Logan, Duster, Duster Oroch, Captur e o comercial leve Master. No total, já são cerca de 2,8 milhões de veículos Renault produzidos em 20 anos de inovação no Brasil.

A Renault do Brasil possui quatro unidades industriais instaladas no Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais (PR): a fábrica de veículos de passeio (CVP), fábrica de veículos utilitário (CVU), fábrica de motores (CMO) e a Curitiba Injeção de Alumínio (CIA), inaugurada neste ano. Hoje o Complexo Ayrton Senna opera em três turnos e tem um total de 7.300 colaboradores – 1.300 deles contratados no último ano em virtude da demanda interna e externa por Captur e Kwid. Para gerir suas ações socioambientais, a Renault criou, em 2010, o Instituto Renault. Atuando em dois eixos – Mobilidade Sustentável e Inclusão – o Instituto já alcançou cerca de 600 mil pessoas no país.

Premiação

Além de serem as estrelas do show, os carros passam por avaliação, participando de um concurso com vários critérios, como conservação e originalidade. Além do troféu da Federação Brasileira de Veículos Antigos (FBVA), há os troféus Og Pozzoli, para o carro mais conservado, o Troféu Lalique, oferecido a uma personalidade que se destaca no trabalho de crescimento e reconhecimento do antigomobilismo, e a mais importante honraria do concurso, o Troféu Roberto Lee, pioneiro entre os colecionadores e que premia o automóvel mais raro e valioso presente no evento, além de outros automóveis nacionais e importados que são premiados em categoria especial.

“Na verdade, o Brazil Classics Renault Show 2018 é uma grande festa para os amantes dos automóveis. E não sem razão, os protagonistas desta história são tratados como artistas, pela sua importância para a humanidade e pela beleza particular de cada um deles. Todo mundo quer tirar foto do lado de um belo carro! Ficamos muito satisfeitos por levar essa história ao grande público e por promover esse encontro entre colecionadores e admiradores”, conclui Carvalho.

SERVIÇO:

PROGRAMAÇÃO

30/05 – QUARTA-FEIRA

9h – Credenciamento e colocação dos automóveis no pátio

18h – Espaço Classics – Bêjazz on the street

20h – Coquetel de boas-vindas

31/05 – QUINTA-FEIRA

8h – Credenciamento e colocação dos automóveis no pátio

9h às 18h – Exposição Artes Plásticas Sérgio Dotta

15h – Espaço Classics – Cia. UNO

16h30 – Palco de abertura – Derico Duo

18h – Abertura oficial do evento

21h – espetáculo cênico – Passarela de premiação – Cia Lúmini

01/06 – SEXTA-FEIRA

9h – Passeio pela cidade de Araxá

9h às 18h – Exposição Artes Plásticas Sérgio Dotta

14h – Pátio de Exposição – Cia. UNO

14h às 18h – Pátio de Exposição – Charanga Pop

14h às 18h – Pátio de Exposição – Cia. Lúmini

14h às 18h – Pátio de Exposição – Bêjazz on the street

15h – Assembleia da FBVA – Cine Tiradentes do Tauá Grande Hotel

15h às 17h – Espaço Classics – Quinteto Nota Certa (Miltom)

19h – Leilão de automóveis antigos

02/06 – SÁBADO

9h – Café da manhã servido na piscina do Tauá Grande Hotel

9h às 18h – Exposição Artes Plásticas Sérgio Dotta

10h às 18h – Pátio de Exposição – Cia. UNO

10h às 18h – Pátio de Exposição – Charanga Pop

10h às 18h – Pátio de Exposição – Bêjazz on the street

12h – Tarde livre

19h – Festa de premiação

22h – Festa de encerramento


Comentários

Mais lidas

Card image cap
Por que fazemos o que fazemos?

Ler matéria
Card image cap
Projeto Cidade do gás

Ler matéria
Card image cap
1ª corrida contra o câncer beneficia ONG que doa perucas para pacientes oncológicos

Ler matéria
Card image cap
Uma goleada do Vila da Copa

Ler matéria
Card image cap
Rede internacional de sorvetes Cold Stone Creamery inaugura loja em BH

Ler matéria