Canal Exclusive
Revista Online

A obra atrasou: O que fazer?

por Redação | publicado em segunda, 25 de junho de 2018


Na busca pela casa própria, várias empresas têm ofertado diferentes formas para facilitar a aquisição do imóvel, dentre elas a compra de imóveis ainda na planta ou mesmo em fase de construção. Para tanto, são assumidas entre comprador e vendedor obrigações e direitos, sendo que frequentemente a entrega do bem no tempo acordado não acontece, gerando danos ao comprador. Muitas vezes, não lhe restando outra via se não a judicial para garantir seus direitos. Assim, de forma breve, buscaremos neste texto sanar dúvidas mais frequentes quanto ao tema, bem como expor os direitos daquele que foi lesado.

O Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo (IBEDEC) apurou que 95% (noventa e cinco) das obras no Brasil são terminadas com atraso. Ao decidir-se pela compra de um imóvel o consumidor assume obrigações financeiras e planeja seu futuro contando com a data estipulada em contrato para entrega do bem, o atraso nesta entrega gera, sem dúvida, danos de natureza patrimonial, moral ou mesmo lucros cessantes.

As maiorias dos contratos, nestes casos, são de adesão, portanto devem ser interpretados à luz do Código de Defesa do Consumidor, sempre de forma mais benéfica ao mesmo. Havendo atraso na entrega dos imóveis o consumidor faz jus à multa sobre todo valor que foi pago ou em cima do preço que assinou no contrato, correção monetária no que já foi pago, ressarcimento de danos morais pelo sofrimento, transtornos e abalos psicológicos que foi submetido, despesas de aluguéis e lucros cessantes.

Em alguns contratos está previsto prazo de carência pela construtora, trata-se de um tempo adicional de tolerância que a mesma entregue o imóvel. Contudo, a regra não é absoluta e não impede que o comprador tome medidas judiciais caso não haja justificativa plausível para das chaves. Este prazo não pode ser exagerado, podendo ser considerado abusivo sempre que desproporcional.

É aconselhável procurar um advogado especializado para esclarecer dúvidas, receber orientações quanto aos requisitos e saber qual procedimento é mais adequado.

__

Dra. Gracielle Colen

Advogada, Pós Graduada em Direito Civil Aplicado e Membro da Comissão de Sucessões da OAB/MG

Dúvidas e sugestões: juridico@clamadvogados.adv.br


Comentários

Mais lidas

Card image cap
Por que fazemos o que fazemos?

Ler matéria
Card image cap
Projeto Cidade do gás

Ler matéria
Card image cap
1ª corrida contra o câncer beneficia ONG que doa perucas para pacientes oncológicos

Ler matéria
Card image cap
Rede internacional de sorvetes Cold Stone Creamery inaugura loja em BH

Ler matéria
Card image cap
Uma goleada do Vila da Copa

Ler matéria