Canal Exclusive
Revista Online

Exposição Tridimensionalidades segue até o dia 31 de janeiro no Museu Inimá de Paula

por Redação | publicado em segunda, 26 de novembro de 2018



A escultura é uma vertente da arte visual que permite o uso de incontáveis tipos de materiais e técnicas para a elaboração das peças. E é visando homenagear grandes artistas que se consagraram dentro dessa temática que o Museu Inimá de Paula recebe até o dia 31 de janeiro, a mostra “Tridimensionalidades”. Reunindo 24 nomes e 39 obras, a exposição coletiva visa mostrar ao visitante como cada artista usa propostas distintas para a criação de peças exóticas e exuberantes.

“Tridimensionalidades” reúne nomes de diferentes nacionalidades. Os contornos de uma obra tridimensional, também conhecida por escultura ou objeto, invadem as três dimensões do espaço, provocando a imaginação de quem a aprecia. As peças foram cedidas por colecionadores para a temporada no espaço cultural.

Durante a visita, será possível conferir de perto o trabalho de nomes como Alfredo Ceschiatti, Agustín Alfaro, Amilcar de Castro, Ascânio MMM, Antônio Poteiro, Arcangelo Ianelli, Bruno Giorgi, Carlos Cruz Diez, Cildo Meireles, Damián Ortega, Evandro Carneiro, Frans Krajcberg, Franz Weissmann, Jesús Rafael Soto, Joaquim Tenreiro, José Bento, Marcos Coelho Benjamin, Maurino Araújo, Olafur Eliasson, Rubem Valentim, Sonia Ebling, Tunga, Ubi Bava e Waltercio Caldas.

Visando tornar a experiência do visitante ainda mais interessante, o Museu Inimá de Paula está apostando em tecnologias, como o uso de QR Code posicionado ao lado da etiqueta de identificação de cada obra que, quando detectado pelo celular, traz informações adicionais sobre o artista, sua carreira e obras.

A exposição Tridimensionalidades faz parte dos eventos de comemoração dos dez anos do Museu Inimá de Paula, celebrados em 2018.

SOBRE O MUSEU INIMÁ DE PAULA

Localizado em um prédio histórico na Rua da Bahia, nº 1201, onde já funcionou o Clube Belo Horizonte e o Cine Guarani, o Museu Inimá de Paula é gerido pela Fundação Inimá de Paula e é referência para a história da capital mineira. Inaugurado em 2008, o espaço reúne em Belo Horizonte um acervo permanente dedicado ao pintor mineiro Inimá de Paula, traçando um panorama completo de sua vida e obra, iniciado após o registro de quase duas mil obras em seis anos e da edição histórica de dois volumes de obras catalogadas em 2008. Todo esse material está à disposição da população, estudantes, pesquisadores, curiosos e demais interessados em conhecer um pouco mais sobre este importante artista mineiro. São expostas cerca de 80 obras do artista em constante rodízio, acompanhadas da remontagem de seu Atelier, Sala de Autorretratos e Galeria Virtual. O Museu Inimá de Paula tem sua manutenção patrocinada pelo Banco Santader através de incentivos da Lei Rouanet.

SERVIÇO

Exposição Tridimensionalidades

De 31 de agosto a 31 de janeiro

Horário: Terça, quarta, sexta e sábado, de 10h às 18h30; Quinta, de 12h às 20h30; Domingo e feriados, de 10h às 16h30

Museu Inimá de Paula (R. da Bahia, 1201 – Centro)

Entrada gratuita


Comentários

Mais lidas

Card image cap
Por que fazemos o que fazemos?

Ler matéria
Card image cap
Projeto Cidade do gás

Ler matéria
Card image cap
1ª corrida contra o câncer beneficia ONG que doa perucas para pacientes oncológicos

Ler matéria
Card image cap
Uma goleada do Vila da Copa

Ler matéria
Card image cap
Rede internacional de sorvetes Cold Stone Creamery inaugura loja em BH

Ler matéria