Canal Exclusive
Revista Online

Órteses produzidas pela AMR agora podem ter desenhos, melhorando a aceitação e o tratamento das crianças

por Redação | publicado em sexta, 17 de agosto de 2018


Técnica começou a ser usada neste mês de agosto e os atendidos pela instituição recebem a órtese gratuitamente

As crianças atendidas gratuitamente pela Associação Mineira de Reabilitação (AMR) ganharam mais cor no seu dia a dia. Isto porque as órteses produzidas na oficina da instituição, que antes eram brancas, agora têm a opção de ter desenhos. Desde o começo deste mês de agosto uma nova técnica tem sido utilizada na produção de órteses. Trata-se do transfer, que permite a transferência de um desenho para a placa que é confeccionada a órtese, durante a termomodelagem.

As órteses coloridas começaram a ser entregues também neste mês de agosto. Ana Carolina Gomes Ferreira, de 11 anos, foi uma das primeiras crianças a receber a órtese com a aplicação de figuras. Ela tem paralisia cerebral e, por isso, depende de cadeiras de rodas para longas distâncias e órteses e andador para treinar a marcha na fisioterapia. A dela foi estampada com várias flores. Maria Helena Gomes, bisavó da Carol, que a acompanha nos atendimentos na AMR desde que ela tinha seis anos, conta que a bisneta adorou a novidade. “Ela não gostava de ir para a escola com a órtese branca, mas assim que recebeu essa, toda florida, logo me disse que quer sair com ela para todos os lugares, inclusive para a escola”.

De acordo com Ana Cristina Pedrosa, fisioterapeuta da AMR, esta é uma das grandes vantagens da utilização desta técnica. “Temos constatado uma grande aceitação e satisfação por parte dos pacientes. Os benefícios são muito significativos pois, especialmente as crianças, ficam mais motivadas a usarem a órtese. Como passam a usá-la por mais tempo, os resultados do tratamento acabam sedo mais eficazes”, explica.

As órteses produzidas na Oficina Ortopédica da AMR são essenciais no processo de reabilitação, principalmente em relação à prevenção de deformidades. Confeccionadas de forma personalizada e com adequado alinhamento biomecânico, as órteses favorecem a independência e geram mais conforto para os seus usuários. Elas também são fornecidas a pacientes do SUS e particulares.

Sobre a AMR

Criada há 54 anos, a AMR é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que atende 500 crianças e adolescentes com deficiência física e em situação de vulnerabilidade e risco social.

A associação oferece serviços de assistência à saúde, principalmente na área de reabilitação, promovendo a inclusão social da criança por meio de um trabalho qualificado e inovador. A AMR é referência no atendimento multidisciplinar de reabilitação motora em Minas Gerais e conta com profissionais especializados nas áreas de Fisioterapia, Terapia Ocupacional, Fonoaudiologia, Psicologia, Musicoterapia, Esporte Terapia, Odontologia, Serviço Social, Neurologia, Ortopedia e Cirurgia Ortopédica. O atendimento da entidade abrange Belo Horizonte e mais 22 municípios da região metropolitana.

Como ajudar

Existem várias formas de ajudar as crianças atendidas pela a AMR: apadrinhamento de crianças; doações avulsas via boleto bancário ou depósito em conta; doações de alimentos e produtos de higiene pessoal; débito em conta da Cemig ou Copasa; comprando produtos no bazar ou brechó, na sede da AMR ou ainda participando dos eventos beneficentes que são realizados pela associação. Para saber mais, acessehttp://amr.org.br/index.php/quero-ajudar , ou ligue para 0800-72-71-347.


Comentários

Mais lidas

Card image cap
Por que fazemos o que fazemos?

Ler matéria
Card image cap
Projeto Cidade do gás

Ler matéria
Card image cap
1ª corrida contra o câncer beneficia ONG que doa perucas para pacientes oncológicos

Ler matéria
Card image cap
Uma goleada do Vila da Copa

Ler matéria
Card image cap
Rede internacional de sorvetes Cold Stone Creamery inaugura loja em BH

Ler matéria