Belo Horizonte, 07/07/2020

09/06 – Dia Nacional da Imunização: vacinar é um cuidado com a vida. Laboratório contabiliza aumento na procura de vacinas

por Redação | publicado em terça, 09 de junho de 2020



Já diziam nossos avôs, "é melhor prevenir que remediar". A data lembra a importância da vacinação em todas as faixas etárias, especialmente agora, em tempos de Covid-19. Redes de laboratórios privados perceberam o aumento na procura por vacinas. O Hermes Pardini, por exemplo, com 122 unidades em Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, contabilizou um aumento de 48% na procura da vacina Pneumo 13, comparando março a maio 2019 com mesmo período de 2020. Pneumo 13 é uma vacina conjugada, que oferece proteção por tempo mais prolongada. Está licenciada para crianças e maiores 50 anos, além de pessoas mais jovens com doenças pulmonares crônicas. Na rede pública, a vacina aplicada é a Pneumo 23 é, polissacarídea, de proteção curta e somente para pacientes crônicos. O SUS vacina pessoas com HIV/Aids, transplantados de células-tronco hematopoiéticas (medula óssea), transplantados de órgãos sólidos e pacientes oncológicos. A função das vacinas é proteger o nosso corpo de vírus e bactérias que provocam várias doenças capazes de afetar seriamente a nossa saúde. Além de proteger quem foi vacinado, as vacinas também contribuem para a segurança de uma comunidade inteira. Quanto maior a quantidade de pessoas protegidas, menor a chance de qualquer uma delas (seja ela vacinada ou não) contrair alguma doença. São cerca de 30 tipos, cada uma com sua indicação e público específico. O serviço está disponível pela loja virtual da rede, a aplicação pode ser feita em domicílio e o agendamento pelo whatsApp:

● BH e região metropolitana: (31) 32286200 (@laboratorio.padrao). Informações: linktr.ee/hermes.pardini

● São Paulo: (11) 27999311. (@laboratorio.padrao). Informações: linktr.ee/hermes.pardini

● Goiânia e região: (62) 32219000, serviço oferecido pelo Laboratório Padrão (@laboratorio.padrao), do Grupo Pardini. Informações: linktr.ee/laboratorio.padrao

● Rio de Janeiro: (21) 4002-0203, serviço oferecido pelo Centro de Medicina Nuclear da Guanabara (@cmnguanabara), que integra o Grupo. Informações: linktr.ee/cmnguanabara

Campanha nas redes sociais

Durante esta semana, as redes sociais dos laboratórios Hermes Pardini, Padrão, Centro de Medicina Nuclear da Guanabara e do @festivalmeuvizinho – Programa de Relacionamento com a Comunidade trarão o tema para conscientização da população. Para muitos, a vacina é um assunto repleto de tabus e preconceitos. Por isso, o tema fake news será abordado na campanha até o dia 15 de junho.

Mote: imunização pra tudo na vida

Vacina é um assunto mais presente nos nossos dias do que podemos imaginar. Afinal, buscamos imunização para um monte de coisas na vida. A vacina para o tédio é a música. A vacina para a tristeza é a cócega. Para a solidão? É a conversa. Para a ansiedade, é a respiração. Vacina para o erro? O perdão. E para o preconceito, o respeito. A vacina para a dúvida é a ciência. Para a fake news, é a informação. A vacina para a saúde é a imunização.

Sobre o Grupo Pardini

Aos 60 anos, o Pardini se situa como um dos maiores Grupos de Medicina Diagnóstica do Brasil. Além das 122 unidades próprias (75 em Minas Gerais, 5 em São Paulo, 12 no Rio de Janeiro e 30 em Goiás), lidera o mercado de Apoio Laboratorial. São mais de 6 mil clientes (laboratórios, clínicas e hospitais) em todo o país, localizados em 1.900 cidades. Toda essa estrutura permite oferecer mais de 8 mil tipos de exames e a expertise nas áreas de análises clínicas, diagnóstico por imagem, genética molecular, testes oncológicos de alta complexidade, medicina nuclear, medicina personalizada e patologia cirúrgica. O Grupo tem a maior planta produtiva de automação laboratorial da América Latina.


Comentários