Belo Horizonte, 11/07/2020

Bloco Então, Brilha! celebra 10 anos de existência levantando reflexões sobre o tempo e a diversidade

por Redação | publicado em quinta, 13 de fevereiro de 2020



Foto: Bianca Aun

Com o tema “Esperança de um tempo melhor”, o Bloco apresenta sua agenda para o período carnavalesco e celebrações de sua primeira década

Surgido em 2010 a partir de um grupo de amigos belo-horizontinos que queriam brincar o carnaval no Rio de Janeiro, o Bloco Então, Brilha! completa, em 2020, 10 anos de existência. De um poema do escritor russo Vladimir Maiakovski, veio a inspiração para o nome e para o lema do bloco: “Gente é para Brilhar!”. A partir do ano seguinte, o grupo passou a desfilar na capital mineira, onde o carnaval de rua voltava a ganhar força. Desde então, o Então, Brilha! se tornou um dos principais blocos do carnaval de beagá, arrastando milhares de pessoas em seus cortejos e sempre levantando a bandeira da diversidade, igualdade e liberdade.

Para o carnaval de 2020, comemorando uma década de existência, o Bloco Então, Brilha! propõe à cidade uma reflexão sobre o tempo. Os olhos de seus integrantes e público estão atentos ao presente, marcado pela devastação do meio ambiente com petróleo no mar, queimada de florestas, crimes socioambientais e pelo acirramento da guerra social com crescimento do genocídio da juventude negra, da pobreza, retirada de direitos e guerras no oriente. E suas energias estão ativas para a resistir, lutar e transformar esse presente coletivamente. Preocupado com o tempo humano e o futuro, cada vez mais diverso, consciente e livre, o Então, Brilha! se apoia nas lutas sociais para propagar o brilho das pessoas, capaz de gerar esperança para tempos melhores.

O lema deste ano será Esperança de um tempo melhor, que apresenta também questões como o combate à opressão à mulher, à população LGBTQI+ e ao racismo, sem deixar de fora da pauta a luta de classes. O repertório conta com clássicos da música brasileira homenageando artistas como Daniela Mercury, Belchior, Cazuza, Lulu Santos, Gilberto Gil, além dos artistas mineiros como o cantor e compositor Sérgio Pererê e a cantautora Irene Bertachini. O desfile será no dia 22 de fevereiro (sábado) e a concentração será a partir de 4h na esquina da Avenida do Contorno com rua Curitiba.


Comentários