Belo Horizonte, 19/09/2021

Café Palhares leva o primeiro lugar no Comida di Buteco 2021 em BH

por redacao | publicado em terça, 14 de setembro de 2021



Foto: Mariana Lelis

21ª edição do concurso teve o gosto de retomada e de superação

A premiação do Comida di Buteco em Belo Horizonte, realizada dia 13 de setembro, no Cine Theatro Brasil Vallourec, foi diferente nesta 21ª edição. O sentimento foi de superação para muitos. "Esta edição foi muito importante para a retomada dos butecos e para esse setor tão afetado pela pandemia”, afirma Maria Eulália Araújo, diretora de operações e uma das fundadoras do Comida di Buteco. Na oportunidade, foram anunciados os cinco primeiros colocados entre os 47 botecos belo-horizontinos participantes que seguiram Raízes como tema principal do concurso.

”Essa foi a edição mais desafiadora de toda a história. Tivemos de fazer vários ajustes devido à pandemia como a implementação do serviço delivery e de reserva de mesas. Tudo para garantir a segurança de todos. É muito prazeroso a gente ter conseguido realizar essa edição. Ficamos com um gostinho de dever cumprido”, afirma Maria Eulália.

O prato do Café Palhares, localizado no Centro de Belo Horizonte, levou o primeiro lugar. O buteco tradicional da capital mineira apresentou a combinação de bochecha de porco ao vinho, vatapá de banana da terra e beterraba.

Segundo João Lúcio do Café Palhares, esse prêmio é muito importante e representa esse momento de retomada. “Esse prêmio nos proporciona um impulso e reconhece um trabalho realizado com muita dedicação em todos esses anos. Sobrevivemos à pandemia e ainda levamos o primeiro lugar”, comemora.

O segundo lugar foi para o prato Di Cara do bar Já tô Inno, localizado em Santa Efigênia. O petisco premiado foi feito de maça de peito cozida com alho poro acompanhado por bacon e queijo, regados com creme de cara e cenoura.

Para Meire Grenfell, esse prêmio ressalta a culinária de raiz e a história da família construída com muito esforço. “O concurso trouxe clientes para o nosso bar e um ânimo especial. Somos eternamente gratos ao Comida Di Buteco”, ressalta.

O terceiro lugar ficou com a Costeliana do Cantim do Cantim Noir, também no Santa Efigênia. O bar ofereceu opção com carne e vegetariana. A opção com carne leva costelinha de porco desossada e frita, servida na farinha de mandioca, acompanhada de molho barbecue. E a opção vegetariana conta com mini pizza de inhame com farinha de arroz e cobertura de mussarela, provolone e alho poró.

“Estou muito emocionada porque é uma luta muita grande. Com a família e uma equipe ótima procuramos fazer o melhor trabalho”, afirma Ione Romualdo da Silva.

Concurso Nacional - O primeiro lugar do concurso da capital mineira concorrerá ao prêmio nacional realizado com bares participantes de Norte a Sul do país. De 16 a 30 de setembro, os bares ganhadores das cidades participantes serão avaliados pelos jurados nacionais. A premiação nacional será realizada dia 6 de outubro, em São Paulo.

Maria Eulália classifica o Comida Di Buteco como uma enorme corrente do bem. “Para conseguirmos levar para os donos de bar o maior estímulo possível para eles fazerem, cada vez melhor, o que sabem, mesmo em tempos mais difíceis”, conclui.

A 21ª edição do Comida di Buteco em Belo Horizonte reuniu 47 opções de petiscos preparados especialmente para o evento que foi realizado de 30 de julho a 29 de agosto.

Ganhadores da 21ª edição do Comida Di Buteco

Primeiro: CAFÉ PALHARES

Segundo: JÁ TÔ INNO

Terceiro lugar: CANTIM NOIR

Quarto lugar: LÉO DA QUADRA

Quinto lugar: US MOTOCA


Comentários