Belo Horizonte, 04/07/2022

CCBB BH recebe a primeira edição do Encontro de Violão Brasileiro

por redacao | publicado em terça, 24 de maio de 2022



Foto: Thiago Delegado/ Studio Tertúlia

Após BH, o projeto, que está em sua primeira edição, segue para Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo

O Centro Cultural Banco do Brasil Belo Horizonte (CCBB BH) abre suas portas para receber a primeira edição do Encontro do Violão Brasileiro, entre os dias 2 e 5 de junho. O projeto traz uma programação especial sobre o violão popular em um recorte que apresenta ao público nomes consagrados e a nova geração de violonistas, mineiros e de outros estados, com shows, encontros no palco e uma masterclass. Com o espetáculo, a Brasilcap – empresa de capitalização da BB Seguros que patrocina e apresenta a iniciativa – reforça o seu compromisso com a arte e a cultura.

Idealizado e dirigido pelo pesquisador, violonista, compositor e arranjador Thiago Delegado, o Encontro do Violão Brasileiro faz um intercâmbio entre gerações, em uma mostra do violão brasileiro solo e duo. “O violão solo sempre esteve presente na minha vida, mas ao mesmo tempo deixado de lado, pois todos os meus discos têm banda. Como gostamos de promover encontros, eu e a produtora Renata (Chamilet) tivemos a ideia de juntar instrumentistas de Minas e de fora, temos muitos talentos envolvidos”, comenta Delegado.

Pelo palco do CCBB BH vão passar Guinga, Gabriele Leite, Celso Moreira, Carlos Walter, Lucas Telles, Zé Paulo Becker e o duo Siqueira Lima, tendo Thiago Delegado como anfitrião e performer dividindo o palco com os convidados. Trata-se de um recorte que mostra a riqueza do instrumento, trazendo novos talentos com nomes já consolidados. Uma oportunidade para pessoas de Minas e outros estados se apresentarem em lugares diferentes. Cada um com suas influências, que passam pelo erudito, jazz, samba, choro, mostrando essa diversidade.

No processo seletivo para compor a programação, Renata Chamilet – que assina a coordenação geral e curadoria do Encontro – trouxe nomes de mulheres que têm se destacado no universo violonístico, mesmo sendo, ainda, pouco representativa em comparação à cena masculina.

O Encontro do Violão Brasileiro também contempla a realização do evento nas outras três capitais onde o CCBB está presente: Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. Ao todo, 25 violonistas participam dessa primeira edição. “Estou muito feliz de fazer parte disso. Espero que seja o primeiro de muitos. Temos muita gente para mostrar ainda”, finaliza Thiago Delegado.

Ingressos: bilheteria do Teatro a R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia)

Pelo site www.bb.com.br/cultura ou pela Eventim – www.eventim.com.br

Mais informações: 31 3431-9400 - www.bb.com.br/cultura

Programação

Thiago Delegado recebe:

02/06 - 20h

Guinga

Gabriele Leite

03/06 - 20h – Noite Mineira

Celso Moreira

Carlos Walter

Lucas Telles


04/06

14h - MASTERCLASS

20h - Zé Paulo Becker

05/06 - 20h

Duo Siqueira Lima

Sobre os violonistas:

THIAGO DELEGADO

Referência no violão de sete cordas, o instrumentista e compositor mineiro Thiago Delegado se destaca por sua performance que mistura a sonoridade simples à sofisticada composição. Revelando uma profunda intimidade com seu instrumento e com uma linguagem musical sem fronteiras, Delegado incursiona por diferentes gêneros musicais. O resultado é um som moderno, animado, virtuoso e surpreendente. Uma das características mais marcantes do trabalho do instrumentista é a capacidade de atrair o público, tornando a música instrumental acessível a todos através de interpretações calorosas.

GUINGA

Considerado um dos mais importantes e criativos músicos brasileiros da atualidade – Guinga – vem se tornando musicalmente objeto de citação no campo de pesquisa sobre música popular brasileira contemporânea (a partir dos anos 90 do séc. XX), em particular no que se refere à composição de canções e peças para violão popular.

GABRIELE LEITE

Gabriele Leite é formada em música pela UNESP, a musicista que deu seus primeiros passos ainda criança é reconhecida como uma das grandes revelações no violão. Além de uma carreira solo bem-sucedida, Gabriele foi finalista do concurso internacional Imagine Brazil e ganhou vários prêmios, como o de Melhor Participação Brasileira no 27º Festival Internacional de Violão de Koblez, na Alemanha.

ZÉ PAULO BECKER

Zé Paulo Becker é violonista e compositor, tem 12 CDs gravados, dois DVDs e dois livros (“O violão na roda de choro” e o “Levadas Brasileiras”). Como compositor é parceiro de Paulo Cesar Pinheiro, Aldir Blanc, entre outros. É violonista há 20 anos do grupo de choro Trio Madeira Brasil. Ganhou Prêmio da Música Brasileira em 2011. Zé Paulo já se apresentou em mais de 20 países em sua carreira solo, e já tocou e gravou com nomes da nossa música.

CELSO MOREIRA

O músico mineiro Celso Moreira possui uma longa carreira. O menino que veio de Guanhães para Belo Horizonte adquiriu paixão pela música, assim como o pai, e decidiu se enveredar por esse caminho. Hoje, já são quarenta anos se apresentando com seu violão e sua guitarra e conquistando o público com suas melodias.

CARLOS WALTER

Violonista e compositor mineiro, Carlos Walter é autor do livro O violão e as linguagens violonísticas do choro e do CD/Guitar Book Calendário do (A)Feto pelo qual recebeu o Prêmio Melhores da Música Brasileira na categoria Melhores Instrumentistas de 2015. Foi um dos vencedores do Concurso Novas 2 de peças brasileiras para violão solo. Colaborou na organização do Songbook de Ian Guest (Lumiar/Irmãos Vitale) e do festival on-line Violões em Rede.

LUCAS TELLES

Lucas Telles é compositor, violonista e produtor musical. Com trabalho reconhecido no cenário musical de Minas Gerais, o jovem músico foi vencedor por duas vezes do Prêmio BDMG Instrumental. Seu primeiro disco autoral, “Outono”, foi lançado em 2019 pelo selo Savassi Festival Records, reunindo composições que passeiam por diferentes gêneros da música brasileira como choro, samba, jongo, valsa e forró, apresentando uma abordagem musical contemporânea. Suas composições e arranjos têm sido interpretadas por diversos artistas e ele já se apresentou em diversas cidades do Brasil e em países como França, Inglaterra, Estados Unidos e Holanda.

DUO SIQUEIRA LIMA

Formado pela uruguaia Cecilia Siqueira e pelo mineiro Fernando de Lima, o Duo Siqueira Lima é um dos mais prestigiados duos de violões da atualidade. Com um trabalho que une o clássico ao instrumental brasileiro eles são reconhecidos pelo virtuosismo técnico, interpretativo, perfeito entrosamento e por seus ousados e originais arranjos para dois violões.

Circuito Liberdade

O Centro Cultural Banco do Brasil é integrante do Circuito Liberdade, complexo cultural sob gestão da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) e que reúne diversos espaços com as mais variadas formas de manifestação de arte e cultura em transversalidade com o turismo. Trabalhando em rede, as atividades dos equipamentos parceiros ao Circuito buscam desenvolvimento humano, cultural, turístico, social e econômico, com foco na economia criativa como mecanismo de geração de emprego e renda, além da democratização e ampliação do acesso da população às atividades propostas. Acesse o site do CCBB em: bb.com.br/cultura.

Sobre a Brasilcap:

Desde o início de suas atividades, em 1995, a Brasilcap já distribuiu mais de R$ 2,4 bilhões em prêmios, que abrangem aproximadamente 682 mil títulos contemplados. Só no 1º trimestre de 2022, já devolveu mais de R$ 1 bilhão à sociedade em forma de resgates para a realização de planos. Atualmente, a Companhia conta com mais de 3 milhões de clientes e um portfólio diferenciado de soluções de capitalização, como o estímulo à disciplina financeira com chances de premiação, incremento de negócios para empresas por meio dos títulos de incentivo, garantia ágil e segura para o aluguel de imóveis e operações de crédito, contribuição à filantropia, entre outros atributos.


Comentários