Belo Horizonte, 28/10/2020

China impõe confinamento para tentar conter surto de Covid-19

por Redação | publicado em segunda, 29 de junho de 2020



A China luta contra o novo coronavírus desde o início do ano e estava progredindo consideravelmente na contenção da doença. Ela utilizou medidas severas para controlar o vírus, medidas essas que funcionam muito bem e fez com que a China praticamente não tivesse mais casos da doença no país. Contudo, nas últimas semanas, surgiram centenas de pessoas infectadas em Pequim e, como tentativa de contenção de um novo surto, nesse domingo (28), o país anunciou um bloqueio estrito a quase 500 mil pessoas em uma província localizada nos arredores da capital. Segundo as autoridades de saúde chinesas, o cantão de Anxim - a cerca de 150km de Pequim - será fechado totalmente. Além disso, serão impostas medidas rigorosas, como as implementadas no auge da pandemia em Wuhun. A força-tarefa de Anxim, montada para prevenção de epidemias, informou por meio de um comunicado que, devido à medida imposta, apenas uma pessoa de cada família terá permissão para sair, mas apenas para fazer compras de artigos essenciais, como alimentos e remédios.


Comentários