Belo Horizonte, 20/06/2021

Cine clube virtual da Aliança Francesa faz homenagem aos 150 anos da Comuna de Paris

por redacao | publicado em segunda, 17 de maio de 2021



Foto: trecho do filme La Commune/ Divulgação

Bate-papo da Aliança Francesa comenta o filme "La Commune" (Paris, 1871), no dia 25/05

Os 150 anos da Comuna de Paris são celebrados em todo mundo e a Aliança Francesa de Belo Horizonte homenageia o marco em várias atividades culturais, incluindo a edição de maio do cine clube “Bande à Part”. No dia 25, às 18h, o tema será discutido a partir do filme La Commune (Paris, 1871) (2000), de Peter Watkins. As inscrições para participar são gratuitas e podem ser feitas pelo e-mail cultura@aliancafrancesabh.com.br .

Considerada a primeira experiência como governo popular, a Comuna de Paris ocorreu por 71 dias, entre março e maio de 1871. A capital francesa foi tomada pelo povo e essa insurreição foi um resultado da crise do regime bonapartista, a ascensão de ideias socialistas na Europa, a expansão da Associação Internacional dos Trabalhadores, entre outros fatores.

O título pode ser assistido on-line por streaming indicado ao participante após a inscrição via e-mail, que pode ser feita até o dia do encontro virtual, 25 de maio. O encontro é on-line, via plataformas digitais (Zoom). A equipe organizadora enviará aos inscritos o link de acesso à sala para o bate-papo.

O clube é voltado para todas as pessoas interessadas em compartilhar sua experiência com o filme e a temática em discussão. A única exigência é estar inscrito e recomenda-se que o participante tenha assistido ao título.

Sobre o filme

Comuna de Paris - La Commune (Paris, 1871) (2000), Dir: Peter Watkins, 345 minutos, França:

Em 1871, o povo de Paris, relegado à miséria e à exploração, sofrendo ainda com a recente derrota na guerra contra os alemães, revolta-se contra a República recém-instaurada por Adolphe Thiers. Com apoio da Guarda Nacional, os communards fundam um governo popular, coletivizam a produção, reformam o sistema educacional, entregam o poder ao povo. O sonho, que durou dois meses, tornou-se pesadelo quando as tropas do Governo de Thiers, saindo de Versalhes, invadem Paris e deixam um saldo de 30.000 mortos, entre homens, mulheres e crianças.

Mais informações:

www.aliancafrancesabh.com.br

@aliancafrancesabh


Comentários