Belo Horizonte, 05/12/2021

Coffee ++ cresce 30% ao mês e prevê fechar 2021 com faturamento de R﹩20 milhões

por redacao | publicado em quinta, 14 de outubro de 2021



Marca brasileira que ambiciona democratizar os cafés superespeciais no país deve superar meta de faturamento em 70% nos primeiros 15 meses de atividades e projeta investimento de R﹩ 50 milhões para os próximos 5 anos


A Coffee ++ acompanha a tendência de crescimento do mercado de cafés especiais no Brasil e deve ultrapassar em 70% a previsão inicial de faturamento para os primeiros 15 meses de operação. Com isso, a empresa - que completa um ano de atividade em outubro - prevê alcançar faturamento de R﹩ 20 milhões até o fim de 2021, o que representa crescimento médio de 30% ao mês ao longo desse período. Até o fim de outubro, mês de seu aniversário, a Coffee ++ irá registrar faturamento de R﹩16 milhões.

A estratégia permanece oferecer aos brasileiros cafés superespeciais e premiados, produzidos em solo nacional, para serem degustados de maneira descomplicada. Para isso, os produtos são disponibilizados em quatro diferentes formatos: grão torrado, café torrado e moído, cápsulas e o drip coffee (porção individual que possibilita o consumo em qualquer local, necessitando apenas de água quente).

Para seguir expandindo, os sócios irão injetar R﹩50 milhões no negócio nos próximos cinco anos com o objetivo de impulsionar a capilaridade e o awareness da marca, expandir o conhecimento do público sobre as variantes de alta qualidade da bebida e investir na construção de uma fábrica própria em Minas Gerais.

Descendentes de famílias de cafeicultores, os idealizadores da marca Coffee ++ - Leo Montesanto, Pedro Brás e Rafael Terra - têm em comum, além da tradição no cultivo do fruto e a paixão pela bebida, a inquietação por testemunhar durante anos a exportação de 100% do café de alta qualidade produzido em solo brasileiro.

"Passamos anos exportando todo nosso café de qualidade para outros países ao invés de entregar aos brasileiros o melhor que produzimos. Como conhecedores e apreciadores de café, temos a oportunidade de transformar esse cenário ao compartilhar o nosso conhecimento e ao oferecer um produto de altíssima qualidade para um público que já é apaixonado pela bebida. Queremos revolucionar o paladar do brasileiro no que se refere à bebida símbolo do País", ressalta Leo.

Desta inquietação, nasceu a ideia de criar uma marca que desmistificasse o consumo de cafés de altíssima qualidade, provenientes de fazendas sustentáveis e premiadas internacionalmente. Os números do primeiro ano da Coffee ++ mostram que esta vontade está bem fundamentada, já que o mercado de cafés especiais cresceu cinco vezes nos últimos oito anos, passando de 231 mil sacas em 2012 para 1.171 em 2020, segundo pesquisa do Rabobank.

Lançada em meio à pandemia, a marca nasceu no e-commerce e, atualmente, também está disponível em mais de 1,5 mil pontos de venda físicos em todos os estados do Brasil. Também ampliou a sua presença digital por meio de diversos market places, tais como Amazon Brasil, Magalu, GPA, Carrefour e Westwing.

O diferencial da Coffee ++ é oferecer cafés acima de 84 pontos de acordo com a metodologia SCA (Specialty Coffee Association), que avalia fragrância, sabor, acidez, uniformidade e outros atributos da bebida. A marca oferece em seu portfólio fixo cafés de três fazendas campeãs do "Cup Of Excellence", maior campeonato de qualidade para produtores de café do mundo. Em sua linha permanente, estão: Café Clássico, Mantiqueira de Minas, Cerrado Mineiro, Chapada de Minas, Campos das Vertentes, Café Geisha e o Café Arara.


Sobre Coffee ++


Em outubro de 2020, Leo Montesanto, Pedro Brás e Rafael Terra lançaram a Coffee ++. A marca que oferece cafés acima de 84 pontos (para ser café especial precisa atingir o mínimo de 80 pontos de acordo com a metodologia SCA que avalia fragrância, sabor, acidez, uniformidade entre outros) nasceu com o objetivo de oferecer cafés superespeciais e premiados de forma acessível para os consumidores degustarem em casa. Contando histórias de produtores premiados e reconhecidos internacionalmente, a Coffee ++ possui hoje em seu portfólio fixo cafés de três fazendas campeãs do "Cup Of Excellence", maior campeonato de qualidade para produtores de café do mundo.

A Fazenda Primavera ganhou certificação de terceira mais sustentável do Brasil e foi onde se produziu o café Geisha, que ganhou o "Cup of Excellence 2018", alcançando nesse mesmo ano não somente a maior pontuação de café brasileiro, como também a maior pontuação de café do mundo em 2018 com 93,89 pontos. Já a Fazenda Santuário do Sul, do produtor Luiz Paulo, obteve em 2005, o recorde de café com pontuação mais alta do mundo no mesmo campeonato com 95.85. E a Fazenda Bom Jardim, ganhou em 2017 a premiação, como o melhor café brasileiro, tornando o produtor Gabriel Nunes o mais jovem a ganhar o "Cup of Excellence".


https://coffeemais.com/
Instagram: instagram.com/coffeemais/
Facebook: facebook.com/coffeemais/
YouTube: https://www.youtube.com/coffeemais



Comentários