Belo Horizonte, 13/08/2020

Efeito sanfona pode causar riscos à saúde

por Redação | publicado em segunda, 17 de fevereiro de 2020



Especialista esclarece as principais causas desse problema

Emagrecer está entre as metas de diversas pessoas. Porém, alguns hábitos aliado as dietas que, na maioria das vezes, não são indicadas por médicos, pode causar o resultado contrário ao desejado. O temido “Efeito sanfona” acaba se tornando o pesadelo de diversas pessoas.

Esse termo é o nome dado ao processo de emagrecer e engordar em sequência, algo que acontece, normalmente, após algum tipo de dieta. O especialista em gastroenterologia e nutrologia, Bruno Sander, explica que, nesse caso, a pessoa perde uma quantidade significativa de peso. ”Depois de algum tempo, os quilos perdidos são recuperados e, em alguns casos, o reganho de peso pode ser ainda maior. O efeito sanfona ocorre principalmente após uma dieta altamente restritiva e não saudável”.

O que ocorre?

A principal causa para que o efeito sanfona aconteça é o funcionamento do metabolismo. Essa oscilação de peso pode ser perigosa e bem prejudicial à saúde. Sander afirma que o efeito sanfona tende a aumentar significativamente a atividade inflamatória em todo o organismo.

Além disso, também pode desencadear o surgimento de doenças como a diabetes e as alterações cardiovasculares. O especialista garante que a melhor forma de prevenção do processo é através de uma reeducação alimentar. “A reeducação alimentar assegura o equilíbrio e a manutenção do peso corporal. Comer de maneira adequada ao gasto calórico individual e às necessidades de cada pessoa é essencial”, comentou.

Fonte: Bruno Sander Queiroz, médico cirurgião endoscopista, especialista em gastroenterologia, nutrologia e tratamentos de obesidade. É médico e diretor do Hospital Dia Sander Medical Center, em Belo Horizonte (RQE: 14270/32354/41292).


Comentários