Belo Horizonte, 04/07/2022

Estouro Gastrobar aposta na baixa gastronomia criativa e tem cozinha comandada pelo chef Kiki Ferrari

por redacao | publicado em terça, 07 de junho de 2022



Foto: divugação

Um bar e restaurante com estilo raiz. É assim que o chef Kiki Ferrari define o Estouro Gastrobar, espaço no Santa Efigenia, para onde desenvolveu conceito e cardápio. “Tudo com preço justo, fartura e com uma proposta de apresentação criativa”, conta ele. E delicioso, é claro. A comida tem inspiração mineira, com foco nos clássicos belo-horizontinos. Comida de verdade, uma reação à tendência de cozinhas conceituais demais com substancia de menos.

Por lá, o almoço tem um mote: seu bife, suas regras! Os bifões com diferentes coberturas, escolhidas pelo próprio cliente é a especialidade da casa. Funciona assim, você escolhe um bife entre as muitas opções - porco (R$24,90, 150g), peixe (R$27,90, 150g), picanha (R$57,90, 250g) – e a maneira como ele será servido: com jiló acebolado, à cavalo ou a parmegiana, por exemplo. São inúmeras as possibilidades de combinação! Já as guarnições são servidas à vontade: feijão, arroz, fritas e salada e pode repetir quantas vezes quiser. Todos os dias tem acréscimo diferente.

Segunda clássica: purê e legumes salteados.

Terça caipira: angu ao molho, quiabo e couve.

Quarta raiz: mandioca na manteiga e banana frita.

Quinta de vó: arroz temperado e maionese.

Sexta rica: feijão rico, farofa, couve e vinagrete.

Sábado tropeiro: tropeirão e torresmo.

Domingão da roça: tutu e macarronada.

Quer seu bifão no pão? Também pode! O “Xistouro” é o sanduba com bifão à escolha, salada, fritas e molho verde.

Agora, a casa passa a abrir também a noite, trazendo um novo conceito para a boemia. “Todos os nossos tira gostos são servidos no copo lagoinha, são porções menores com preço baixo, permitindo degustar diversas opções de uma vez só” explica Kiki. Todos os copos custam R$10,00 e a cada 7, o cliente ganha mais um. As opções? “Panadinho de frango ou peixe com môio secreto”, “Linguicinha calabresa na conserva com cenola, jiló e biquinho + pãzinho”, “croquetinho de vaca atolada + mostardinha com limão”, “sandubinha de pão de queijo com lombinho de porco assado e môio”, “caldinho do dia com torresmo” ...

Para quem quer mais sustância mesmo à noite, duas opções de pratos. O Uaikisoba (macarrão, calabresa, cebola, pimentão, cebolinha ao alho e shoyu) e o Cabloco (couve, arroz, bacon, ovo, cebola e lombo).

A carta de drinks segue o mesmo estilo e foi apelidada de “baixa coquetelaria” com drinks como o Jurupinha (gelo, limão, jurubeba e borda de sal) e Meladinha (gelo, limão capeta, mel e canela). Assim como no almoço, quem escolhe o destilado é o freguês: vodka, gim ou cachaça.

O Estouro Gastrobar é do empresário Leonardo Flores, que também opera o supermercado que fica em frente ao restaurante, o que garante insumos frescos diariamente. Ele está por lá todos os dias, acompanhando “a satisfação do cliente com a ideia, a fartura, o temperinho estilo caseiro, de vovó, de mãe e de roça que nos remete à afeto”.

É o encontro da tradição com a criatividade, criando assim novos clássicos!

Estouro Gastrobar

Aberto todos os dias no almoço: de 11h às 15h

Sextas e sábados: 18h às 23h

Domingo: 11h às 20h

Rua Euclásio, 474 - Santa Efigênia


Comentários