Belo Horizonte, 20/06/2019

Eva Cucina Originale abre para o público

por Redação | publicado em quarta, 05 de junho de 2019



A mais nova cantina italiana da cidade, o Eva Cucina Originale, do chef Mássimo Battaglini e Felipe Santiago, abriu as portas para o público no começo desta semana.

O novo empreendimento, localizado no coração do bairro Belvedere, marca a estreia da parceria entre os empresários, e é parte da aposta na crescente ascensão da região que, mais que abrigar o novo negócio, ganha um charmoso ‘restaurante de bairro’, no sentido mais acolhedor da expressão.

Mas foi na última semana em que o EVA funcionou em fase de testes que amigos, patrocinadores, fornecedores e parceiros convidados a experimentarem os 36 pratos executados pelo chef executivo Leandro Pimenta, que as surpresas programadas para a casa vieram à tona. Dentre todas, a mascote EVA Pig teve seu lugar.

A escultura elaborada pelos designeres Bruno Lobo e Fabi Senra tem formato de leitoa, e vai funcionar como uma atração de boas-vindas aos clientes da osteria, indo além: a partir desta semana ela passar a armazenar mensagens dos frequentadores do EVA, que depositarão dentro de sua estrutura recados para serem lidos no futuro. O compromisso com os 'bilhetinhos' carinhosos ao tempo será da própria casa.

Criado pelo casal, tem ilustração em cores napolitanas com roupagem inspirada nas cerâmicas italianas com abastecimento de energia solar que carrega a todo momento suas baterias permitindo que ela fique sempre iluminada. Totalmente 'fatto a mano', a escultura humanizada é composta por resíduos industriais (têxteis, do aço e de papelaria) aplicados à técnicas de colagem e pintura numa carcaça de orelhão. A ideia é que, no futuro, a EVA Pig esteja presente em toda a cidade, espalhando o conceito de afeto e fartura por BH.

Outra novidade da casa que já chegou chamando atenção é o menu especialmente elaborado por Mássimo para o Dia dos Namorados.
Brindando com romantismo e o sabor genuinamente italiano a noite do dia 12 de junho, quarta-feira, o EVA vai receber numa programação especial os apaixonados da vez. Com um menu composto por entrada, prato principal e sobremesa, a cantina sugere algumas das estrelas de seu cardápio para degustação, sendo elas:

ENTRADAS

  • TERRINA DI POMODORO E MELANZANE (terrine de tomate e berinjela com emulsão de pimentão amarelo)
  • CARPACCIO DE WAGYU com caviar de mostarda, alcaparras, grana padano e broto de rúcula
  • POLENTA COM RAGU E FUNGHI FRESCHI (polenta mole com ragú e cogumelo portobelo)

PRINCIPAIS

  • FILETTO AL PEPE VERDE (filé com pimenta verde fresca e batata frita à francesa)
  • BACCALÁ CONFIT E POLENTA (bacalhau confitado com polenta, azeitona, pimentão, tomate, ovo de codorna e salsa)
  • TORTELLI CON BURRATA (torteli com burrata, molho de tomate e basílico)

SOBREMESAS

  • PANNA COTTA com calda de laranja, kinkan e tuille cítrica
  • SALAME DI CIOCCOLATO (salame de chocolate com biscoito e creme inglês)


Para ocasião, os valores individuais são de R$ 140 com bebidas e serviço cobrados à parte.

SOBRE O EVA CUCINA ORIGINALE

Vale lembrar que cada um dos 220m² da cantina - idealizado por Isabela Vecci - são um show à parte.
A arquiteta reproduziu no endereço do Belvedere o paraíso de Eva: entre as referências, traços arquitetônicos Venezianos como as pedras de marmorite, as paredes de stucco – material típico da cidade e região do Vêneto – com painéis exclusivos desenhados pela artista plástica Julia Bianchi e tampos das mesas revestidos em mosaicos com inspiração italiana. Além do espaço interno, o Eva oferece ainda uma varanda com toldo retrátil em meio a um teto repleto de limões sicilianos em trepadeiras, completando a ideia da viagem no tempo, através de pecado original, e pelo mundo, direto ao continente Europeu.

A louçaria e utensílios dividem espaço entre os itens trazidos da Itália pela dupla idealizadora do projeto e os produzidos por aqui, desenvolvidos com exclusividade por Osmar Puperi, com destaque para a linha artesanal que complementa a roupa de mesa feita por artesões de comunidades locais.

O Eva faz referência ao primeiro pecado original, a gula, tendo como personagem principal a Eva de Adão, e aposta na comida farta, cujo cardápio enxuto é baseado nas tradições gastronômicas da Região do Veneto, respeita os pequenos produtores e a produção artesanal, dando atenção a cada ingrediente que é criado ou plantado, sempre com foco em bons produtos. A produção caseira de massas, molhos, embutidos e pães também merece destaque, sendo feitos na própria cozinha que, aberta, vai permitir que os clientes acompanhem a elaboração dos pratos. Outro destaque, a identidade do EVA, tem assinatura do premiado Gustavo Greco.

A casa passa a funcionar para o público de segunda a sexta-feira - à princípio para o jantar de 18h à 1h -, aos sábados e feriados, de 12h à 1h; por fim, aos domingos de 12h às 16h.


Comentários

Mais lidas

Card image cap
Por que fazemos o que fazemos?

Ler matéria
Card image cap
Projeto Cidade do gás

Ler matéria
Card image cap
1ª corrida contra o câncer beneficia ONG que doa perucas para pacientes oncológicos

Ler matéria
Card image cap
Uma goleada do Vila da Copa

Ler matéria
Card image cap
Rede internacional de sorvetes Cold Stone Creamery inaugura loja em BH

Ler matéria