Belo Horizonte, 16/05/2022

Fartura Gastronomia ocorre no Inhotim, em parceria com o Itamaraty

por redacao | publicado em segunda, 18 de abril de 2022



Foto: Caio Soter, um dos participantes do evento/ Victor Schwaner

Debates sobre a internacionalização da gastronomia brasileira, cozinhas ao vivo, mercearia de produtores e apresentações artísticas estão na programação

Em 2022, a plataforma Fartura inicia a retomada de eventos presenciais e promete fazer jus a seu nome com grandes novidades. O primeiro do ano é inédito: o Fartura Gastronomia ocorre no Instituto Inhotim, em Brumadinho, nos dias 29, 30 de abril e 1º de maio. O evento terá a presença dos cinco embaixadores gastronômicos do Itamaraty, um de cada região do país: Morena Leite, Janaina Rueda, Manu Buffara, Saulo Jennings e Paulo Machado. Com mediação de Claude Troisgros, eles reúnem-se para discutir a internacionalização da gastronomia brasileira e, é claro, cozinhar.

“Assim como o Fartura, o Inhotim tem a inovação como forte pilar. É uma referência de vanguarda no mundo. Enquanto o Itamaraty é um parceiro importantíssimo para dar visibilidade à gastronomia brasileira fora do país. Estamos unindo grandes forças para este projeto, em torno da nossa maior missão que é disseminar a cultura gastronômica brasileira cada vez mais”, afirma Rodrigo Ferraz, diretor da plataforma.

O Fartura Gastronomia conta, ainda, com a participação de chefs de Belo Horizonte e Brumadinho em cozinhas ao vivo, almoços, jantares, além de mercearia de produtores e apresentações artísticas.

“Vamos reunir grandes nomes para discutir até que ponto nós, brasileiros, podemos levar para fora do Brasil nossa cultura, nossa comida, sem perder as nossas origens. Queremos mostrar o que realmente é essencial na nossa gastronomia, essa comida que abraça, afetiva, que envolve muitas etnias, muitos povos. O Brasil é um caldeirão miscigenado. E a grande discussão sobre como ir a outros países sem ser clichê, mas com verdade”, explica uma das curadoras do projeto, Carolina Daher.

O evento será aberto ao público, mediante acesso ao Inhotim e sujeito à lotação, de acordo com as normas vigentes do local. A programação será dividida da seguinte forma:

Espaço Igrejinha

Ao longo dos três dias, os chef embaixadores do Itamaraty realizam o Encontro Cultivar, com debates sobre a formação da identidade alimentar nacional e de como a culinária brasileira pode se expandir pelo mundo sem perder suas origens. Temas como a alma da gastronomia brasileira, identidade do povo, afeto, inclusão social, diversidade cultural, sustentabilidade e criatividade serão abordados, com mediação de Claude Troisgros. Ao final será criado o Manifesto Maniba, que tem como propósito preservar e divulgar a gastronomia brasileira no mundo e será assinado por 200 chefs do país.

Além de Morena Leite, Janaina Rueda, Manu Buffara, Saulo Jennings e Paulo Machado, acompanham esses grandes nomes chefs em formação como Romário dos Santos, Júlia Aguiar, Lucas Caslu, Ricardo Branches e Lucas Correia.

Cozinha ao Vivo

Além de discussões enriquecedoras, os chefs embaixadores farão o que sabem melhor: cozinhar. E o público poderá assistir as receitas ao vivo e consumir os pratos recém-saídos da panela. Será uma oportunidade de ver grandes nomes da gastronomia nacional em ação, junto a cozinheiros pupilos selecionados por eles e com a preciosa participação de Márcia Nunes, que traz os conhecimentos de sua mãe, Dona Lucinha, para as receitas.

O público vai conferir o sabor de cada região brasileira com criações de duplas especiais no espaço é assinado pelo Senac. Júlia Aguiar e Janaína Rueda ensinam o preparo de cuscuz de porco com ora-pro-nobis, representando a culinária do sudeste; Romário dos Santos e Morena Leite, mostram o gosto do Nordeste com Carne de fumeiro com feijão verde e banana da terra servida com farofa de beiju.

A cozinha do Centro-Oeste fica por conta de Lucas Caslu e Paulo Machado, que fazem a inusitada combinação dos pratos Maria Isabel e Carreteiro; Ricardo Branches e Saulo Jennings vão cozinhar uma receita típica do Norte, um Arroz de pato no tucupi, jambu e quiabo; Lucas Correia e Manu Buffara representam a cozinha do Sul com Quirera com siri, banana da terra e palmito.

Uma cozinheira local também é convidada no espaço. Dona Gê vai preparar um tropeiro vegano, mostrando para o público o passo a passo de uma receita deliciosa.

Menu Fartura

Os renomados restaurantes do Instituto Inhotim – Tamboril e Oiticica – abrem as portas para os chefs convidados para intervenções gastronômicas. Durante os dias do evento, os locais terão sobremesas assinadas pelos participantes para que o público possa experimentar. A cidade de Brumadinho também participa do Fartura Gastronomia com oito restaurantes recebendo convidados para almoços e jantares. São eles: Juliana Duarte, Flávio Trombino, Caio Soter, Caetano Sobrinho, Henrique Gilberto, Cristóvão Laruça, André Paganini e Luiz Paulo Mairink.

Os chefs belo-horizontinos levam sua gastronomia às casas: Vila da Lavanda, Bistrô Massa Demais, Rancho do Peixe, Curral Carnes e Empório, Restaurante Abóbora, Ateliê Abrahão, Rota V8 e Bistrô Mendes.

Mercearia Fartura

Neste espaço, 16 pequenos produtores poderão mostrar ao público a cultura e riqueza gastronômica da região. Serão oito da cidade de Brumadinho e oito produtores de Minas Gerais. Produtos especiais estarão disponíveis ao público, como licores, quitandas, queijo de cabra, temperos, embutidos, pães de fermentação natural, doces e granolas, laticínios, mel, charcutaria, cogumelos, cafés, geleias e chutneys.

Cultura do Brasil

A cultura está sempre presente nos eventos do Projeto Fartura e desta vez não é diferente. DJs e música ao vivo, com curadoria do Sesc, se apresentam durante os três dias, proporcionando uma experiência completa.

“Este é um marco no projeto Fartura, em que estamos reunindo dois parceiros muito importantes que são o Inhotim e o Itamaraty. Vamos apresentar o Projeto Itamaraty em Minas Gerais e será uma oportunidade de, mais uma vez, discutir a gastronomia. Estamos sempre buscando as nossas raízes e, ao mesmo tempo, pensando no futuro. Estamos muito realizados em retomar os eventos presenciais com um evento deste porte, trazendo esta programação a Minas, que é o berço do projeto”, finaliza Rodrigo Ferraz, diretor do Fartura.

O Fartura Gastronomia é apresentado pela Gasmig e tem parceria cultural do Sesc em Minas, parceria educacional do Senac em Minas e apoio da Forno de Minas.

Programação

  • Dia 29/04 – sexta-feira
  • 10h – Abertura do evento
  • 12h – Cozinha ao vivo – Primórdios Senac em Minas – Carolina Figueira e Renato Lobato
  • 13h30 – Cozinha ao vivo – Márcia Nunes
  • 14h00 – Encontro Cultivar – Qual a alma da gastronomia brasileira
  • 15h às 16h – Cozinha ao vivo – Júlia Aguiar + Janaína Rueda
  • Dia 30/04 – sábado
  • 10h – Abertura do evento ao público
  • 10h30 às 12h – Encontro Cultivar – A identidade de um povo por meio da sua cultura – gastronomia e arte
  • 11h30 às 12h30 – Cozinha ao vivo – Lucas Correia + Manu Buffara
  • 12h30 às 13h30 – Atração Musical -
  • 13h às 14h – Cozinha ao vivo – Romário Repteco + Morena Leite
  • 14h30 às 16h – Encontro Cultivar – Sustentabilidade, diversidade cultural, criatividade, afeto e inclusão social
  • 15h às 16h – Cozinha ao vivo – Primórdios Senac em Minas – Marcus Monteiro
  • Dia 01/05 – domingo
  • 10h – Abertura do evento ao público
  • 11h às 12h30 – Encontro Cultivar – Criação do Manifesto Maniba | Movimento Alma Nacional Independente Brasileira Alimentar
  • 11h30 às 12h30 – Cozinha ao vivo – Lucas Caslu + Paulo Machado
  • 13h às 14h – Cozinha ao vivo – Ricardo Branches + Saulo Jennings
  • 14h30 às 15h30 – Atração Musical
  • 15h às 16h – Cozinha ao vivo – Dona Gê – Ponto Gê comida afetiva

SOBRE A PLATAFORMA FARTURA – GASTRONOMIA DO BRASIL

A Plataforma Fartura – Gastronomia do Brasil tem o objetivo de mapear o caminho do ingrediente, da sua origem até o prato, a fim de disponibilizar conhecimento ao público – em forma de conteúdo e experiência – e criar conexões entre os integrantes dessa cadeia. A Plataforma Fartura consiste em:

Expedições Fartura: viagens que já percorreram mais de 90,5 mil km em todo o território nacional levantando as histórias, personagens, ingredientes e receitas. Foram 276 cidades visitadas e cerca de 650 fontes entrevistadas.

Conteúdo gastronômico: o conhecimento é disponibilizado no site e redes sociais, premiados vídeos e livros, programas de rádio e em projetos customizados.

Festivais Fartura: a celebração do projeto são os festivais, nos quais há o encontro entre produtores, chefs e estudiosos da gastronomia com o público. Os eventos acontecem em nove cidades: Belém, Brasília, Porto Alegre, São Paulo, Tiradentes, Belo Horizonte, Conceição do Mato Dentro, Fortaleza e Lisboa. Até 2019, os festivais receberam mais de 850 mil pessoas em seus eventos físicos, que se deliciaram com os mais de 2 milhões de pratos servidos. Além disso, foram 3.300 atividades gastronômicas e 1.265 apresentações culturais. Em 2020, aconteceram três eventos on-line: o Fartura Digital Belo Horizonte, com uma audiência de 7 milhões de pessoas; o Festival Cultura e Gastronomia PRÓ-Tiradentes, com audiência de mais de 6 milhões de pessoas e o Festival Fartura Du Brasil, simultâneo em São Paulo, Fortaleza, Porto Alegre, Belém, Belo Horizonte e Brasília, com uma audiência de 9 milhões de pessoas. Em 2021 o festival passou a ser híbrido, levando 20 mil pessoas para Tiradentes na 24ª edição do Festival Cultura e Gastronomia de Tiradentes. O sucesso foi tanto que em seguida a plataforma realizou o único evento gastronômico simultâneo em todas as regiões do Brasil, com uma vasta programação on-line e ações físicas em seis capitais: Belo Horizonte, Belém, Brasília, Fortaleza, Porto Alegre e São Paulo. O evento contou com 40 jantares presenciais nessas cidades e a participação de mais de 120 chefs.

Mais informações:

https://www.farturabrasil.com.br/

https://www.instagram.com/farturabrasil/


Comentários