Belo Horizonte, 17/08/2019

LED retorna ao SPFW com coleção Zangada

por Redação | publicado em terça, 30 de abril de 2019



Marca volta a se posicionar pela diversidade e liberdade dos corpos em mais um desfile

Após "bichas resistam", é a vez do "ninguém solta a mão de ninguém". No dia 27 de abril, às 15h30, LED mostra a coleção Zangada no São Paulo Fashion Week. Seguindo o caminho político trilhado nas últimas coleções, o trabalho foi desenvolvido como arte-resistência. Após três temporadas desfilando pelo TOP 5, a marca mineira foi convidada a integrar o line-up do Projeto Estufa, plataforma, que abarca outros seis novos nomes da moda nacional, privilegia designers com discursos potentes e que estão oxigenando o mercado.

Para construir Zangada, Célio Dias, estilista da LED, convidou a ilustradora e tatuadora Thereza Nardelli para criar os grafismos da coleção. Também mineira, Thereza é responsável pelo desenho "ninguém solta a mão de ninguém", que viralizou nas redes sociais após o resultados das eleições em outubro do ano passado. "No cenário político ameaçador em que estamos, a LED segue se posicionando pelo direito à existência de todas as pessoas. O trabalho da Thereza vem explicitar essa visão. São ilustrações que celebram o empoderamento dos corpos, especialmente os femininos e os LGBTQ+, que mais do que nunca precisam ter voz e espaço", comenta Célio.

Com a colaboração, a LED leva o grafismo manual também para a estamparia. O tricot, que se estabeleceu como traço característico da marca, segue como destaque na coleção, dessa vez com finalizações mais limpas e acompanhado da mistura de padrões em xadrez. Com patrocínio da Texprima e da Vicunha, as viscoses, veludo cotelê e sarjas também vem fortes, em uma cartela de cores mais fechada, com alguns pontos de cor. "A LED está mais madura. Zangada é a representação de uma pessoa forte, urbana e sofisticada", explica o estilista.

Uma série de collabs e parcerias finalizam os looks. Nos pés, os modelos da Converse foram estilizados com ilustrações de Thereza. A Moon, de Belo Horizonte e parceira há muitos desfiles, desenvolveu óculos com design minimal, estruturados em linhas retas. Os acessórios, desenhados pela também mineira BOX 19, vem em acrílico e metal. Já as bolsas surgem de uma nova colaboração entre a LED e a Katsukazan, marca de Curitiba que aposta em novos formatos e construções.


Comentários