Belo Horizonte, 12/12/2019

Mesa ao Vivo realiza nova edição em Belo Horizonte, eleita a Cidade Criativa da Gastronomia pela Unesco

por Redação | publicado em quinta, 21 de novembro de 2019



Na foto: Chef Leo Paixão

Evento ocorre nos dias 29 e 30 de novembro sob o tema “O Destino Criativo da Gastronomia”

Autora de uma culinária autêntica e marcante, e sempre aberta a movimentar o setor da gastronomia, Belo Horizonte se prepara para sediar uma nova edição do Mesa Ao Vivo Minas Gerais, nos dias 29 e 30 de novembro. Este, que é o maior circuito gastronômico do país, promovido pelo Mundo Mesa – núcleo de inteligência especializado no setor –, será guiado pelo tema “MINAS GERAIS, o Destino Criativo da Gastronomia”, em consonância com o momento atual vivido pela cidade, recém-eleita Cidade Criativa da Gastronomia pela UNESCO. O evento acontece no UNA – Campus Aimorés – e tem co-realização local da MW Negócios e Centro Universitário UNA. As atividades ainda contam com o apoio do Governo do Estado de Minas Gerais, Frente da Gastronomia Mineira, Slow Food e com patrocínio da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, por meio da Belotur.

O Mesa Ao Vivo, tradicional grade de aulas-show, palestras e degustações do circuito, conta com chefs de peso do próprio Estado, do Brasil e de fora do país. Entre eles, o chileno Benjamín Nast, dono do DePatio – eleito pela The World 50º Best como o 34º melhor restaurante e um dos cinco mais excitantes da América Latina –; Leo Paixão (chef dos restaurantes Glouton e Nicolau Bar da Esquina | MG | e jurado do reality de culinária ‘Mestre do Sabor’); Kátia Barbosa (Aconchego Carioca | RJ | e também jurada do mesmo programa); Bianca Barbosa (Aconchego Carioca | RJ); Flávio Trombino (Restaurante Xapuri | MG); Ivo Faria (Vecchio Sogno | MG); Danielle Dahoui (Bistrô Ruella | SP); Diego Lozano (Escola de Confeitaria Diego Lozano | SP); Mara Alcamin (Universal Diner | DF); Lui Veronese (Chef Consultor | DF); Tássia Magalhães (Pomodori | SP); Ivan Achcar (Escola de Gestão em Negócios da Gastronomia | SP); Caio Soter (Alma Chef | MG); Carol Fadel (Restaurante Santa Fé | MG); Elzinha Nunes (Dona Lucinha | MG); Nayara Faria (Restaurante La Palma | MG); Jaime Solares (A Borracharia | MG); Renata Penido (Chocolatier | MG) e Edson Puiati (UNA Gastronomia). Para participar desta modalidade, basta adquirir o Passaporte Mesa. Desta forma, por um único valor, é possível ter acesso a quantas aulas e degustações se desejar (sempre respeitando a lotação das salas e o tempo de 1h30 entre as aulas).

Simultaneamente às aulas, a tradicional Farofa do Brasil, localizada em área completamente gratuita da UNA, promove a reunião de pequenos produtores da região com o intuito de oferecer o melhor da gastronomia e da cultura local. Em uma grande feira, o público tem a oportunidade de conhecer o trabalho dos expositores, provar diferentes produtos e pratos típicos de Minas Gerais e levá-los para casa a preços populares.

Também integram a programação do Mesa Ao Vivo, os Jantares Magnos. Como solenidade de abertura do circuito em Belo Horizonte, o chef Benjamín Nast tem presença garantida no jantar de abertura, no Hotel Fasano, no dia 28 de novembro. Ele divide a cozinha com o anfitrião Fábio Jobim (Gero-BH), com os chefs Tássia Magalhães (Fabricca-São Paulo) e Lui Veronese (Brasília).

Já no dia seguinte, 29, o mineiro Leo Paixão recebe a carioca Kátia Barbosa para o jantar beneficente Chefs contra o Câncer, no Museu Inimá de Paula, que terá renda revertida para a Casa de Acolhida Padre Eustáquio – Cape. Em homenagem à dona Lucinha, a noite terá menu assinado por seis chefs. Entre os nomes estará a filha da cozinheira, Elzinha Nunes, e Flávio Trombino (Xapuri-BH), com uma releitura do clássico Frango ao Molho Pardo, que para o evento, contará com um substituto inusitado: extrato de açaí.

Sobre o Mesa Ao Vivo

O Mesa Ao Vivo começou em São Paulo com o intuito de dividir com o público a aventura de produzir uma revista ao vivo. Desde sua criação, há 16 anos, já percorreu Pernambuco, Ceará, Brasília, Rio de Janeiro, Recife, Curitiba e Bahia, Gramado, Porto Alegre, Salvador. A Prazeres da Mesa incentiva o intercâmbio gastronômico entre diferentes regiões do país, e também além de fronteiras, recebendo chefs estrangeiros para palestrar em seus eventos e levando a nossa cultura para fora. Desde 2013 a iniciativa cruza o oceano e mostra a gastronomia brasileira com todos os ingredientes locais e diferentes estilos de cozinha para Portugal.

Este evento faz parte do Mundo MESA - Núcleo de Inteligência em Gastronomia. Através dos pilares eventos, conteúdo, conexão e digital, o objetivo é levar as possibilidades da gastronomia para a promoção de marcas, independente de seu segmento. Seu portfólio conta com o MESA SP, maior evento de gastronomia, que reúne 45 mil pessoas e a cada edição traz de todos os cantos do mundo renomados chefs nacionais e internacionais em diversas ações como o MESA Tendências, Congresso Internacional de Gastronomia e MESA Ao Vivo, aberto ao público com workshops, degustações, jantares, exposições e outras atividades que resultam na edição da revista.

SERVIÇO

Mesa Ao Vivo Minas Gerais – 29 e 30 de novembro

Local: UNA – Campus Aimorés

Ingressos no site: www.mesaaovivominasgerais.com.br

  • 1 dia de Mesa ao Vivo Minas Gerais

Público Geral: R$ 140,00

Assinantes da Prazeres da Mesa, Associados Slow Food, Estudantes e Idosos: R$ 80,00

  • 2 dias de Mesa ao Vivo Minas Gerais (Passaporte Mesa)

Público Geral: R$ 210,00

Assinantes da Prazeres da Mesa, Associados Slow Food, Estudantes e Idosos: R$ 120,00

Calendário

  • 28/11 – Jantar Magno. Abertura oficial do Evento no Hotel Fasano.
  • 29/11 – Mesa Ao Vivo Minas Gerais (palestras, aulas, exposições, degustações e vendas de produtos mineiros) – Campus UNA Aimorés – Av. Aimorés, 1451, Lourdes.
  • 29/11 – Jantar Beneficente Chefs contra o Câncer: Renda totalmente revertida para a Cape (Casa Acolhida Padre Eustáquio) – Museu Inimá de Paula.
  • 30/11 - Mesa Ao Vivo Minas Gerais (palestras, aulas, exposições, degustações e vendas de produtos mineiros) – Campus Una Aimorés.

Comentários