Belo Horizonte, 20/01/2021

Ministério da Saúde suspende compra das seringas até o preço delas baixar

por Redação | publicado em quarta, 06 de janeiro de 2021



Após o Ministério da Saúde conseguir comprar, na semana passada, apenas 7,9 milhões das 331 milhões de unidades de seringas que a pasta pretendia adquirir para o processo de imunização contra a Covid-19, o presidente Jair Bolsonaro anunciou que o Ministério da Saúde suspendeu a compra desse material. Segundo Bolsonaro, a suspensão ocorrerá até que os preços das seringas “voltem à normalidade". Em uma rede social, o presidente afirmou que “como houve interesse do Ministério da Saúde em adquirir seringas para seu estoque regulador, os preços dispararam e o MS suspendeu a compra até que os preços voltem à normalidade". Além disso, Jair Bolsonaro disse que os estados e municípios brasileiros têm estoque para dar início à vacinação.


Comentários