Belo Horizonte, 19/08/2022

Ministério Público espanhol pede 8 anos de prisão por fraude fiscal para Shakira

por redacao | publicado em sexta, 29 de julho de 2022



Nesta sexta (29), o Ministério Público de Barcelona, na Espanha, entrou com pedido de prisão com pena de oito anos e uma multa de cerca de 24 milhões de euros (cerca de R$ 125 milhões) para a cantora Shakira, acusada de fraude fiscal. Segundo as acusações, a colombiana fraudou 14,5 milhões de euros (aproximadamente R$ 76 milhões) do Tesouro espanhol entre 2012 e 2014. A cantora, que vive em Barcelona, alega inocência e rejeitou um acordo com o MP espanhol na última quarta-feira (27). Ela afirmou que estava disposta a ir a julgamento. "Com a plena convicção de sua inocência (...) Shakira não aceita acordo com o Ministério Público e ‘decide avançar’ com o processo”, ressaltaram, em nota, os representantes jurídicos da cantora. Diante disso, cabe ao Tribunal de Barcelona decidir se vai abrir um julgamento oral para a artista, que poderia chegar a um acordo com o Ministério Público até o último momento.


Comentários