Belo Horizonte, 16/05/2022

MOST completa 22 anos de olho em expansão para a Europa e EUA

por redacao | publicado em segunda, 18 de abril de 2022



Foto: Jean Michel Guillaume, presidente da Most/ Divulgação

Tecnologia, inovação e um olhar constante para o futuro. Ao longo de 22 anos, a Most Specialist Technologies saltou de uma atuação regional no mercado para ser referência em inteligência artificial em todo o país. E agora está bem próximo de concretizar mais um passo ambicioso: ingressar na Europa e nos Estados Unidos – os dois maiores mercados do planeta.


Com forte presença nas áreas da pesquisa e do desenvolvimento, a empresa mostrou superação de sobra na pandemia. A equipe mais que dobrou desde 2020 e, em 2021, viu seu faturamento crescer 40% em relação ao ano anterior. Fruto de uma visão certeira sobre o mercado em plena crise sanitária, que abriu espaço para a automação de cadastros remotos.


Nesse mundo onde a tecnologia está cada vez mais integrada às relações entre empresas e clientes, e a Most tem as ferramentas certas para conectar pessoas de maneira segura. A MostQI é a base integrada que faz funcionar com eficiência toda a tecnologia que a empresa oferece em forma de soluções.


No Brasil, a Most é a responsável pelo fornecimento de tecnologia para empresas de grande, médio e pequeno porte. E a transformação digital não para. Além do projeto engatilhado para tornar-se uma multinacional, a empresa também possui sua própria plataforma de assinaturas digitais e eletrônicas, a mostSign.


Em se tratando de segurança no ambiente digital, a Most mostra um leque de importantes soluções que justificam os motivos pelos quais em 22 anos cresceu tanto. Os próximos anos indicam que serão de muitos desafios no campo da inteligência artificial, mas, para uma empresa que tem a inovação no currículo, a convicção é de que muitas novidades continuarão surgindo. Revolucionar é o DNA da Most.

Logo no início, o sucesso


A Most Specialist Technologies nasceu no ano 2000 parecendo já saber o que surgiria em termos de avanços ao longo deste século. O mundo corporativo estava apenas começando a abrir as portas para a inteligência artificial, e a Most já conseguia oferecer mais do que isso: uma verdadeira cultura de segurança digital no Brasil.


Logo nos anos iniciais, a empresa já havia se tornado referência no desenvolvimento de soluções computacionais para grandes e médias empresas, com centenas de projetos implementados. O que parecia o ápice revelou-se apenas o primeiro passo de uma companhia que se consolidou no mercado de TI, e que hoje é uma das mais atuantes do país no ramo de segurança.


A revolução veio em 2015, quando o francês Jean Michel Guillaume, fundador da empresa, desenvolveu a mais inovadora solução de captura de imagens para a segurança digital do ambiente corporativo. A MostQI fez uma transformação no mercado nacional. “Foi um novo horizonte que despontou à nossa frente naquele momento. Hoje oferecemos soluções para grandes financeiras até empresas de médio e pequeno porte. A proteção digital se popularizou bastante, e nós ajudamos a conduzir esse processo”, explica o presidente da Most.


Comentários