Belo Horizonte, 16/05/2022

Outono: prepare seu organismo, pele e cabelos para a estação

por redacao | publicado em terça, 15 de março de 2022



Foto: Paula Drummond e Ana Cláudia/ Divulgação/ Clínica Kloris

aNutricionistas dão dicas para minimizar os efeitos das baixas temperaturas da temporada e deixar a saúde em dia

O outono já está chegando! Em poucas semanas, as paisagens ganharão tonalidades terrosas e as temperaturas se tornarão levemente frias. Embora muita gente goste da estação, é importante lembrar que o período também traz um clima mais seco e baixas taxas de umidade no ar. Afinal, com os termômetros em queda, resfriados, hipersensibilidades e inflamações tornam-se bastante comuns e chega a hora de dar especial atenção à saúde.

Médicos alertam que, nessa época do ano, é preciso redobrar os cuidados com a alimentação, dando prioridade para o reforço da imunidade, sem esquecer a saúde da pele e dos cabelos, que também sofrem durante a estação.

Segundo a médica e nutróloga Ana Cláudia Cançado (CRM/MG 49006), frutas e legumes ricos em Vitamina C devem estar no topo das prioridades na alimentação. Dentre eles vale destacar acerola, laranja, kiwi, couve, brócolis, pois ajudam a melhorar a resposta do sistema imune. Entretanto, a especialista ressalta que muitas vezes é preciso ir além em relação aos cuidados com o organismo.

Reforço necessário

“A alimentação é, sem dúvidas, a maior fonte de vitaminas e proteínas. Porém, ela nem sempre é suficiente para suprir as necessidades nutricionais de algumas pessoas. Nesses casos, a suplementação é uma das alternativas mais eficazes, sobretudo, para quem tem o sistema debilitado, não se alimenta corretamente e/ou tem tendência a ficar resfriado com frequência nesse período do ano”, destaca Ana Cláudia.

Para tratar quadros assim, a médica afirma que é necessário iniciar a ingestão de multivitamínicos, especialmente aqueles ricos em Vitamina C e Zinco. De acordo com ela, a Vitamina C, por exemplo, atua no fortalecimento do sistema imunológico e, por incentivar o organismo a produzir glóbulos brancos, ela faz com que o corpo se torne mais eficiente no combate a vírus e bactérias.

“Já o Zinco é um importante mineral para a manutenção da saúde. Estudos indicam que a ingestão diária desse mineral pode reduzir em mais de 30% as chances de gripe comum”, acrescenta. A nutróloga, que é especialista em medicina integrativa, lembra que a deficiência desse elemento no organismo pode ocasionar fadiga, fraqueza muscular, queda de cabelo e, em casos extremos, até infertilidade.

A profissional destaca que é importante ficar atento às escolhas dos suplementos a serem consumidos. Com tantas opções no mercado, é preciso prezar pela qualidade dos produtos.

“As vitaminas precisam estar em doses corretas, seguras e eficientes para serem, de fato, absorvidas pelo corpo humano. Isso são critérios indispensáveis para que o suplemento apresente resultados eficazes na saúde do paciente”, ressalta.

A saúde da pele e cabelo também merece atenção

No outono, com os dias mais frios e secos, a pele do rosto, das mãos e os lábios são os primeiros apresentar sinais de ressecamento. Podem ficar mais sensíveis, ásperos e com rugas e linhas finas aparentes. Já os cabelos também sofrem, pois, devido aos ventos da temporada, eles perdem umidade, ficam secos e quebradiços e podem ter quedas significativas.

Segundo a nutricionista Paula Drumond (CRM/MG 15158), nesses casos, é preciso investir em hidratação e tratamentos alimentares com ênfase em uma série de vitaminas como Zinco, Ferro, Vitaminas A, B1, B2, B5 e B8. Quando juntos em formato de suplemento, por exemplo, esses nutrientes são capazes de acelerar o crescimento do cabelo e das unhas, aumentar a irrigação de sangue no couro cabeludo e promover a elasticidade e resistência capilar.

A médica destaca ainda que produtos que também contém Biotina são os mais indicados, pois essa substância possui um importante efeito em relação à hidratação da pele. “Ela estimula a produção de queratina, colágeno e ainda tem ação antioxidante, ajudando a combater o processo de envelhecimento”. Para resultados satisfatórios e duradouros de qualquer tratamento, Paula Drumond lembra é de grande importância consultar um profissional de saúde para orientar a suplementação e o tempo de tratamento.

As médicas indicam

No dia a dia, os suplementos mais indicados pela dra. Ana Cláudia Cançado e dra. Paula Drumond para garantir um fortalecimento imunológico adicional ao organismo de seus pacientes são o Maxme Immune (Maxme Bio) e o Vitalift (Essential Nutrition).

Já em relação aos multivitamínicos para o cuidado da pele e cabelo elas também são unânimes em recomendar o Maxme Cabelo, Pele e Unha (Maxme Bio) e o Beauty Care (Pura Vida). Afinal, as duas opções têm fórmulas com todos os nutrientes em taxas ideais para resultados mais eficientes.


Comentários