Belo Horizonte, 12/12/2019

Outubro Rosa – A importância dos cuidados com a pele durante o tratamento do câncer de mama

por Redação | publicado em terça, 08 de outubro de 2019



Outubro é o mês dedicado à luta contra o câncer de mama. Para as mulheres que travam uma batalha diária contra a doença, manter a autoestima elevada é parte importante do processo de tratamento, por isso, não perder a vaidade é importante, mas é preciso tomar alguns cuidados para continuar a rotina de beleza de forma segura.

Tratamentos como a quimioterapia e radioterapia podem deixar a pele mais sensível, irritada, ressecada e sem viço. Por isso, é recomendado buscar acompanhamento dermatológico, para que a pele receba uma atenção extra nesse momento. A dermatologista Joana Barbosa destaca, ainda, que, “com a pele mais sensível, aumenta também a vulnerabilidade a infecções. Sendo assim, é ideal realizar uma limpeza diária com água morna e um limpador cremoso ou sabonete neutro.”

Ressecamento da pele durante tratamento de cancêr

Uma reclamação frequente que as mulheres que estão fazendo o tratamento para o cancêr de mama fazem nos consultórios dermatológicos é o ressecamento intenso das áreas do rosto, até mesmo para as mulheres que normalmente apresentam a cútis mais oleosa ou normal. Por isso, vale a pena adicionar um hidratante específico para cada região. “Porém, como a pele pode ficar bastante irritada, o ideal é evitar produtos que tenham álcool, cheiros fortes ou cremes que contenham hormônio”, afirma Joana.

Proteção solar intensa

Qualquer mulher que esteja se submetendo a um tratamento oncológico deve redobrar o cuidado ao se expor aos raios solares. “É importante não ter contato com o sol entre as 10h e 16h e, quando houver essa exposição, que seja por apenas alguns minutos, sempre usando filtro solar com FPS igual ou superior a 30, evitando que as radiações solares comprometam o tratamento”, conclui a profissional.

Fonte: Joana Barbosa, médica dermatologista e membra da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). É responsável pela clínica Dermax, em Belo Horizonte. (www.drajoanabarbosa.com).


Comentários