Belo Horizonte, 04/07/2022

Polícia Civil libera agressor de procuradora sob a justificativa de não haver flagrante

por redacao | publicado em quarta, 22 de junho de 2022



Demétrius Oliveira Macedo, o homem que agrediu, na última segunda-feira (20), a procuradora-geral Gabriela Samadello Monteiro, foi ouvido pela Polícia Civil e liberado. A liberação ocorreu sob a justificativa de não haver flagrante. "Eu entendi que não havia uma situação de flagrante, e sim um fato criminoso. É claro que deveria ser devidamente apurado. Por isso, fizemos o registro da ocorrência e tomamos todas as diligências cabíveis na ocasião", explicou o delegado Fernando Carvalho Gregório. À polícia, Demétrius, que também é procurador, admitiu que agrediu Gabriela e alegou que sofria assédio moral no trabalho. Vale ressaltar que a violência sofrida por Gabriela foi filmada por outra funcionária. No vídeo, é possível identificar o procurador desferindo socos e chutando a colega.


Comentários