Belo Horizonte, 30/11/2020

Rota Capitão Senra propõe a cidade como referência da rota de Mototurismo

por Redação | publicado em segunda, 05 de outubro de 2020



Capitão Senra/ Reprodução internet.

Rota será um importante roteiro turístico para a capital

O projeto Belo Horizonte: Portal de entrada da Rota Capitão Senra propõe a cidade como referência da rota de Mototurismo. No mundo, a mais notável delas é a famosa Rota 66, que atravessa o Estados Unidos. No Brasil, ainda estamos começando a conceber essas rotas, com bastante possibilidade de expansão dessa modalidade de turismo, visto que temos diversos tipos de relevo, terrenos, climas e cultura e esses turistas são guiados essencialmente pelo espírito de aventura, liberdade e descoberta.

Esse projeto consiste em promover um roteiro turístico de motociclismo na capital, a partir da Rota Capitão Senra com a comemoração do Aniversário do lendário Capitão Senra. Para isso, serão realizados dois encontros digitais, nos dias 01 e 08 de outubro com esta temática. O Capitão fundou em 1980 o Águias de Aço que também comemora em 2020 quarenta anos. Capitão Senra foi presidente desse grupo até sua morte em 2016. Um dos mais antigos do Brasil, o Águias de Aço reúne dezenas de motociclistas que, assim como ele, são apaixonados pela Harley-Davidson. Capitão Senra, pela sua trajetória se tornou um ícone nacional, sendo entrevistado no Jô Soares, Fantástico e uma série de programas. Já falecido há quatro anos, seu aniversário continuou a ser comemorado, liderado por sua filha Jack Senra.

Um vídeo de apresentação dos atrativos turísticos de Belo Horizonte foi produzido, por meio da filmagem utilizando câmeras em capacetes de dois motociclistas, mostrando a capital mineira sobre o olhar dos amantes de motos e drones com imagens áreas. O Roteiro Belo Horizonte prevê o trajeto com início pela região da Pampulha, passando pelo Mercado Central, Circuito Liberdade (onde começa o encontro do Motoclube Águias de Aço), Savassi, Praça do Papa, Circuito das Concessionárias de Motocicletas, finalizando no Km 0 da Rota Capitão Senra na saída de Belo Horizonte para Macacos. Nos locais, estarão posicionados personagens do motociclismo de capital mineira e também serão mostrados os bares e restaurantes desse trajeto.

Uma viagem precisa também fomentar o comércio local. No motociclismo, os eventos possuem estandes com artigos para um público consumidor fiel e com bom poder aquisitivo. Por isso, a segunda ação desse projeto é o Encontro do Mercado de Motos de Belo Horizonte. Nessa live, os já participantes dos milhares de motoclubes no Brasil e também os iniciantes poderão conhecer fornecedores de Belo Horizonte dessa Cadeia produtiva. Os convidados são Aline D’Angelo (Legend Ladies) para falar e apresentar produtos de moda, Victor Aredes (Carcamano Pub) para abordar os bares temáticos e Pedro Chernicharo (Garage 212) sobre customização.

Já o segundo encontro digital será a live de Aniversário do Capitão Senra, comemorando também os 40 anos do Águias de Aço. A abertura será da presidente do Motoclube Águias de Aço Jack Senra. Na sequencia, Anderson Rocha abordará a Economia Criativa e o Motociclismo. Será apresentado o vídeo Roteiros de Motos em Belo Horizonte e o detalhamento dos atrativos ficará por conta de Thiago Patrício, turismólogo.

Desde 2018, a nova denominação da AMG-160, que passou a se chamar Rodovia Capitão Senra, homenageia o ilustre amante de motocicletas. A estrada é a ligação entre a BR-040 a São Sebastião das Águas Claras (Macacos), distrito de Nova Lima. A via é muito frequentada por motociclistas, com um traçado cheio de s curvas e natureza exuberante. A designação se deu pelo Projeto de Lei nº 5224/2018, de autoria do deputado Agostinho Patrus.

A transmissão das lives será pelo Facebook da: https://www.facebook.com/104970951345935/posts/132107051965658/?extid=X3OltbDvt7UKZILD&d=n

O evento é uma Realização da Nossa Senhora das Produções com Apoio da Espaço Ampliar, Nossa Produtora, Águias de Aço e da Frente da Gastronomia Mineira.

Quem foi Capitão Senra:

O mineiro José Senra foi um amante e colecionador das motos da marca americana Harley-Davidson. Falecido em 2016, ele recebeu esse apelido por ter sido capitão da Polícia do Exército e chegou a escoltar autoridades como o presidente Juscelino Kubitschek e a rainha Elizabeth II. Ele foi um colecionador de motocicletas e fundador do clube Águias de Aço, que reúne apaixonados pela Harley-Davidson. E por isso, se tornou uma celebridade no Brasil, recebendo até uma homenagem de uma cervejaria mineira, emprestando seu nome a um rótulo. Em 2013, quando a Harley-Davidson celebrava seus 110 anos, Capitão Senra foi escolhido como cliente símbolo da marca no Brasil, recebendo homenagem especial de Bill Davidson, filho do lendário Willie G. e bisneto de William A. Davidson, um dos fundadores da montadora americana.

Quem são os convidados:

Tiago Patrício é escritor e autor do livro “O poder da viagem”. Empresário desde 2007 no ramo de turismo, empreendedor no setor da gastronomia, marketing e tecnologia.

Criador do TripSocial, um projeto social que visa levar pessoas menos favorecidas a realizarem sonho de viajar. A Tripness é uma curadoria focada em experiências e vivências únicas, seu mais novo projeto que vem fortalecendo o turismo regional, o pequeno produtor e a cadeia de consumo consciente.

Aline D’Angelo é formada em Administração com ampla experiência em gestão de empresas com atuação em multinacionais e empresas de pequeno porte. Já lecionou no curso Técnico de Administração do SENAC/MG e atualmente sou sócia e idealizadora da marca Legend Ladies.

Anderson Rocha é motociclista participante do Moto-Clube Águias de Aço, formado em Administração e pós em Marketing. Ativista de vários movimentos colaborativos em Belo Horizonte como Frente da Gastronomia Mineira, Frente da Moda Mineira, tendo consolidada vasta experiência na Cadeia Produtiva do Turismo. Participante do Conselho Estadual do Turismo no período 2005 a 2016, Presidente do Belo Horizonte Convention e Visitors Bureau e atualmente participante do projeto Rota Capitão Senra.

Jacqueline Karla Moreira Lipovetsky é a Jackie Senra. Ela é motociclista há mais de 40 anos, tendo participado de inúmeros eventos, além de participar de equipes de organização de importantes eventos em Minas Gerais. Amante do motociclismo e proprietária de 5 motocicletas da marca Harley-Davidson, sendo 3 motocicletas antigas. Organizadora do acervo do Capitão Senra, ícone do motociclismo nacional, que idealizou e organizou os primeiros encontros de motocicleta do Brasil. Filha do Capitão Senra e atual presidente do Motogrupo Águias de Aço, motogrupo criado em 1980 pelo Capitão Senra.

Pedro Diniz é mineiro de Belo Horizonte e cresceu no meio de motociclistas. Trabalha com customização a 18 anos e realiza projetos com motos de alta cilindrada. Hoje é especialista em motos para Flat Track e escapamentos para motos de alta performance.

Victor Arêdes é administrador de empresas e sócio-proprietário do Carcamano Pub. O projeto do Carcamano Pub foi idealizado em março de 2017 juntamente com seu irmão Nathan Arêdes. Devido aos problemas de saúde do Nathan e seu posterior falecimento, resolveu adiar um pouco o projeto. Porém, em meados de 2019, em conversa com um grande amigo, Túlio de Paula, resolveu convidá-lo para entrar nesse projeto. Foi uma excelente parceria, tendo em vista que os dois são aficcionados pelas motocicletas (em especial as Harley-Davidson) e pelo bom e velho rock’n’roll. Porém, quando estavam quase terminando os preparativos para a inauguração do CarcamanoPub no início desse ano, se iniciou o período de quarentena por causa do COVID-19. Sendo assim, o bar está pronto e ambos ansiosos para receber os amigos e amantes do motociclismo. Aguardam o momento adequado.

Sobre Belo Horizonte:

A capital mineira se destaca pela gastronomia, pelos seus bares, pela sua cultura, museus e claro, pelo Conjunto Arquitetônico da Pampulha. Projetado por Oscar Niemeyer sob encomenda do ex-presidente Juscelino Kubitscheck, quando este foi prefeito de BH na década de 1940. Em 2016, a Pampulha se tornou Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO e é um passeio indispensável para quem visita Belo Horizonte. Ali se encontra o Museu de Arte Moderna, projetado originalmente para ser um cassino, a inusitada Igreja de São Francisco, a Casa Kubitscheck e a Casa do Baile. Ainda formam o conjunto de atrativos o Ginásio Mineirinho e o Estádio Mineirão, além do Parque Ecológico da Pampulha. Outra grande atração da cidade é o Circuito Cultural da Praça da Liberdade, que reúne alguns dos principais museus e espaços multiculturais da cidade, todos com entrada gratuita. E outro passeio sensacional é no Mercado Central de Belo Horizonte, eleito um dos três melhores do mundo com aromas e sabores de Minas Gerais, além de artesanato e vários artigos de produtores locais.


Comentários