27 de maio de 2024

Search
Close this search box.

ALCIONE EM BH: Cantora se apresenta na capital no dia 4 de maio

POR:

POR:

Redação

Foto: Vinicius Mochizuki

A celebração dos 50 anos de carreira continua no Arena Hall

Após lotar o Arena Hall, em novembro, Alcione volta a Belo Horizonte, no dia 4 de maio, para mais um show emocionante, produzido pela Box. Bold Xperiences. A cantora celebra meio século de dedicação e amor à música, trazendo canções que marcam a história da música brasileira. Os ingressos já podem ser adquiridos na plataforma Sympla

“O show em novembro foi um sucesso, ingressos esgotados e público encantado. A gente tem a felicidade de trazer mais uma vez a BH uma das maiores intérpretes do país. Difícil um brasileiro que ainda não tenha sido atravessado pela força da voz de Alcione. É a chance para quem ficou de fora assistir esse espetáculo e, até para quem já foi, repetir a dose”, comenta Guilherme Rabelo, um dos sócios da Box. 

O evento faz parte de uma série de comemorações ao marco. Além das turnês pelo Brasil e pelo exterior, os cinquenta anos de carreira de Alcione foram celebrados no cinema com o lançamento do longa-metragem “O Samba é Primo do Jazz“, um resumo biográfico apresentado em diversos festivais de cinema. 

Além disso, a artista gravou um marcante registro audiovisual, com seus principais hits, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. No espetáculo, a Marrom conta com as participações especiais da Banda do Sol e de integrantes da Orquestra Maré do Amanhã, além de bailarinos da Cia Marcelo Chocolate e Sheila Aquino; e da Companhia Cenarte Dimensões.

O espetáculo intitulado “Marrom, o Musical” contando (e cantando) a trajetória da intérprete, é outra das celebrações. Idealizado por Jô Santana, escrito e dirigido por Miguel Falabella, a peça já passou por palcos de SP, Rio, São Luís, Belém e João Pessoa, sempre celebrada pelas plateias e crítica especializada. Uma criteriosa seleção de novos talentos entre cantores, bailarinos e atores foi realizada. Seleção que começou, como não poderia deixar de ser, pelos artistas maranhenses.

Os reconhecimentos nesse tempo de estrada são muitos. Em sua galeria de troféus, com mais de 350 peças (prêmios e honrarias que vão desde os títulos de Cidadã Benemérita até comendas como a Ordem do Rio Branco e a do Mérito Timbiras – esta última concedida pelo Estado do Maranhão), constam medalhas relevantes como a Tiradentes e Pedro Ernesto (concedidas pela ALERJ).

Premiações relativas à MPB abarrotam suas estantes como, por exemplo, os 21 troféus arrebatados nas 29 edições do Prêmio da Música Brasileira. Outros títulos edificantes foram os de “Madrinha do Corpo de Bombeiros do RJ” e de “Melhor Cantora Popular”, concedido pela Academia Brasileira de Letras.

Alcione, que durante a pandemia lançou um álbum de inéditas chamado “Tijolo por Tijolo”,   comenta sobre a satisfação em receber esse reconhecimento: “São flores em vida, jamais imaginei receber tamanho carinho… E vindo de tantas instituições,  pessoas tão diferentes e por todos os cantos  do planeta”.

O show da Alcione tem patrocínio da Prefeitura de Belo Horizonte e Belotur.

SERVIÇO

Alcione – 50 anos 

4 de maio 

Abertura da casa às 19h

Arena Hall (Av. Nossa Sra. do Carmo, 230 – Savassi)

Belo Horizonte – MG

Ingressos:  Sympla 

Mais informações: https://www.instagram.com/bebox.cc/

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp