14 de junho de 2024

Search
Close this search box.

ARTE CONTEMPORÂNEA: 11ª edição do Junta ocorre em BH a partir desta sexta (8)

POR:

POR:

Redação

Foto: Retratistas do Morro/ Guilherme Cunha 

Nos dias 8/12 (sexta-feira), 9/12 (sábado), 10/12 (domingo), 16/12 (sábado) e 17/12 (domingo)  ocorre a 11ª edição do Junta, que reúne artistas contemporâneos e público diverso, num espaço que promove a venda de obras e conta ainda com diversas atrações – musicais e gastronômicas. 

O evento, o maior do gênero em BH, será no Galpão Sérgio Machado. Localizado no tradicional Bairro Bonfim, é onde no dia a dia funciona o ateliê dos artistas Sérgio Machado e Francisco Nuk. A grande novidade desta edição é que o Junta também ocupará a rua.  

Ao todo, serão 50 artistas e mais de 500 trabalhos expostos, todos à venda. A curadoria foi feita por Flaviana Lasan, Comum e Thiago Alvim. “O JUNTA 11 tem esse sabor de eclosão e variedade de possibilidades na conjuntura das artes visuais. Sendo um evento que até agora não teve nenhum tipo de fomento, seja público ou privado, é 100% autogerido” explica Thiago Alvim.

A cidade, por sorte, está efervescente de feiras e coletivos e movimentos artísticos que surgiram de forma enérgica para dar conta do que Minas Gerais reserva de arte brasileira fora dos esquemas particulares. “Belo Horizonte sempre foi efervescente neste sentido, desde as feiras gráficas até as ações de leilões em chamas e corres independentes da galera da rua… nós fazemos parte dessa história. Se lá no início foram quatro grafiteiros que resolveram olhar pra cena de arte da cidade em termos de fomento, hoje mesclamos uma infinita gama de possibilidades”, continua Comum. 

O caráter comercial do JUNTA não é puramente mercantil, é possibilidade de conhecer a cidade e sua geografia, estender comunitariamente o sentido de arte nas revelações que os artistas trazem, reunir familiares e amigos em espaços acessíveis para usufruir da criação daqueles que nem sempre temos acesso. “Vender arte pra gente nessas últimas edições se mostrou uma evidência social de ampliação e alargamento de culturas, é inacreditável os mundos que nos são apresentados quase que diariamente” finaliza Flaviana .

Os artistas: 

Arado, Barbara Daros, Benedikt Wiertz, Bernardo Sek, Bruni Emanuele, Bruno Amon, Cadu Passos, Caio Ronin, Carolina Santana, Chris Tigra + Ana Pá, Comum, Danielle dos Anjos, Daphne Cunha, Dayane Tropicaos, DGS, Douglas Carlos da Silva, Ed-Mun, Efe Godoy, Elizabeth Ramos, Fernanda Campos, Flaviana Lasan, Gabriel Figueiredo, Helena Borges, Isabella Haru, Juliana Gontijo, Karine Mageste, Kenny Mendes, kiD¡AZucrina!, Laura Lolli, Leo Salvo, Lucas Matoso, Lucas Skritor, Luiza Therezo, Mag Magrela, Nathalia Falagan, Patrick Arley, Pé de Pavão, Priscila Amoni, Rafaela Ianni, Retratistas do Morro, Ricardo dos Santos, Sérgio Machado, Shima, Sônia Assis, Tainá Evaristo + Jessica Brito, Thiago Alvim, Thiago Pacheco, Thales Pimenta, tttttuto e Willian Júnio.

Mais informações sobre eles (bio e imagens) na pasta

A 11ª edição do JUNTA vem reforçar a intenção de formar um panorama das artes visuais contemporâneas produzidas em MG e fomentar a cena de arte que não é gerida pelas galerias. 

Sobre o Junta
O JUNTA é um espaço de arte temporário e itinerante. Foi idealizado por Binho Barreto, Comum, Ticiano Rottenstein e Thiago Alvim, nomes conhecidos da cena de arte urbana de Belo Horizonte. 

Já são 11 edições realizadas de forma itinerante e com programação intensa que prevê um giro econômico no território, na gastronomia e no setor musical, além das artes visuais. Hoje respondem pelo projeto Comum (idealizador, organizador e curador), Thiago Alvim (idealizador, organizador e curador) e Flaviana Lasan  (organizadora e curadora)

Thiago Alvim é artista, mora e trabalha em Belo Horizonte. Bacharel em Artes Plásticas pela Escola Guignard – UEMG, desenvolve trabalhos de intervenção urbana que dialogam intimamente com o suporte escolhido, criando uma relação direta com os espaços por onde passa. Alvim tem trabalhos espalhados por todo Brasil, desde Fortalece, CE a Porto Alegre, RS. Participou do festivais como Festival Concreto em Fortaleza, Mapa Festival em Itabira, Street River Amazonia em Belém do Pará, Meeting of Styles em Porto Alegre, entro outros. Foi produtor artístico na FAUC – Festival de Arte Urbana de Capitólio junto com a Galeria Quartoamado. Além de suas obras expostas em ambientes externos, segue uma linha de pesquisa e produção em atelier, ambiente no qual outros suportes ganham formas onde o artista dança natureza, fantasia e texturas. Thiago é sócio fundador do JUNTA ao lado de Binho Barreto, Comum e Baba Jung.

Comum é artista visual, formado pela Escola de Belas Artes da UFMG, vive e trabalha em Belo Horizonte. Seu trabalho é marcado pela linguagem urbana que utiliza em suas criações, que vão de gravuras a grandes murais. Nos últimos anos realizou grandes trabalhos como os painéis “O Vôo” para o CURA – Circuito Urbano de Arte (um stencil gigante de 65m de altura) e “Hip Hop BH – Muita História”, para a Prefeitura de Belo Horizonte, com 70m corridos. Comum é um dos sócios fundadores do JUNTA além de ser organizador da FLUXO – Galeria Urbana. Também já foi curador do projeto Telas Urbanas, pela Prefeitura de Belo Horizonte e membro da Comissão Julgadora do Mostras BDMG em 2017. Atualmente é bolsista do programa Bolsa Pampulha.

Flaviana Lasan é licenciada em artes visuais – UEMG e pós-graduada em Ensino de História e América Latina – UNILA. Investiga a história da arte produzida por mulheres e metodologias do ensino de arte nos movimentos sociais, atravessados pelo mercado de arte. Trabalhou em diversas iniciativas independentes com curadoria e produção; em aparelhos artísticos públicos e privados na condição de produtora e educadora pelo Brasil por mais de uma década. Foi curadora do Movimento Arte na Maternidade(2020) – MAM e Cura – Circuito Urbano de Arte. Esteve curadora residente na SILO – Arte e Latitude Rural e organizadora de publicações no Ateliê de Artes Integradas/Itabirito e Instituto de Arte Contemporânea de Ouro Preto/IA. Atualmente atua na produção artística e curadoria do Festival Audiovisual de Cultura – FAC; na organização do JUNTA; participa da concepção artística do Festival de Arte e Cultura da Agroecologia – FACA/CBA e também como curadora convidada de exposições no Sesc Palladium e Fundação Clóvis Salgado.

JUNTA

Data: 8, 9, 10, 16 e 17 de Dezembro

Horário: 08/12 – 18h às 22h
9, 10, 16 e 17 de Dezembro – 10h às 20h

Local: Galpão Sérgio Machado: Rua José Ildeu Gramiscelli, 365, Bonfim, BH – MG

Entrada Gratuita

Público Livre

https://www.instagram.com/junta.art
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp