17 de junho de 2024

Search
Close this search box.

CASO DA JOVEM QUE MORREU APÓS ENCONTRO COM JOGADOR: Atestado de óbito aponta ruptura em região genital como causa da morte

CASO DA JOVEM QUE MORREU APÓS ENCONTRO COM JOGADOR: Atestado de óbito aponta ruptura em região genital como causa da morte
POR:

POR:

Redação

O atestado de óbito de Lívia Gabriele da Silva Matos, de 19 anos, que faleceu na última terça-feira (30) após um encontro com o jogador Dimas Cândido de Oliveira Filho, do sub-20 do Corinthians, revela que a causa da morte foi uma “ruptura na região genital”. O documento relata que foi especificamente uma “rutura de fundo de saco de Douglas com extensão à parede vaginal esquerda”. O saco de Douglas se refere a uma região no baixo abdômen entre o útero e o reto. O documento, emitido nesta quinta (1º) pelo Hospital Municipal do Tatuapé, ressalta que “aguarda exames complementares”.

Os resultados desses exames, incluindo necroscópico, toxicológico e sexológico, realizados no Instituto Médico Legal (IML), são aguardados para esclarecer as circunstâncias que levaram à ruptura genital de Lívia. Os laudos também determinarão se a jovem consumiu substâncias como álcool ou entorpecentes. O caso foi registrado como morte suspeita no 30º Distrito Policial, e a investigação, conduzida pela 5º Delegacia de Defesa da Mulher, busca agora detalhes do histórico de saúde da jovem. A Polícia Civil não descarta a possibilidade de fatalidade e aguarda os resultados periciais para prosseguir com a investigação.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp