27 de maio de 2024

Search
Close this search box.

CASO DANIEL ALVES: Ex-jogador é condenado a 4 anos e meio de prisão

CASO DANIEL ALVES: Ex-jogador é condenado a 4 anos e meio de prisão
POR:

POR:

Redação

O ex-jogador brasileiro Daniel Alves recebeu uma sentença de 4 anos e 6 meses de prisão por estupro, conforme anunciado pelo tribunal de Barcelona nesta quinta (22). A decisão judicial afirma que Alves foi considerado culpado por agredir e abusar de uma mulher no banheiro da boate Sutton, em 2022. A condenação foi proferida duas semanas após o encerramento do julgamento. A defesa de Daniel declarou sua intenção de recorrer da decisão, um processo que pode ocorrer em duas instâncias: no Tribunal Superior de Justiça da Catalunha (TSJC) e no Supremo Tribunal da Espanha. Enquanto aguarda o resultado do recurso, Daniel Alves permanece detido.

A acusação contra ele foi enquadrada no artigo 178 do código penal espanhol, que trata de ataques à liberdade sexual mediante violência ou intimidação, com pena prevista de um a cinco anos de prisão. A juíza Isabel Delgado na 21ª Seção de Audiência de Barcelona também ordenou que Daniel Alves, após cumprir a pena, tenha liberdade supervisionada por cinco anos, fique afastado da mulher por nove anos e pague uma indenização de 150 mil euros (cerca de R$ 804 mil). Ele também deve pagar as custas do processo.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp