17 de junho de 2024

Search
Close this search box.

EMERGÊNCIA EM MANAUS: Rio Negro tem pior seca da história ao atingir 13,59m

POR:

POR:

Redação

Foto: Matheus Castro/G1

Nesta segunda (16), o Porto de Manaus, que monitora o ritmo de subida e descida das águas, registrou uma queda histórica no nível do Rio Negro: ele alcançou a marca de 13,59 metros. Com isso, a seca que Manaus enfrenta neste ano é a pior da história da capital amazonense. Vale lembrar que no dia 24 de outubro de 2010 o rio chegou a descer para 13,63 metros. Na época, foi considerada a seca mais severa desde que as medições hidrológicas foram instaladas no Rio Negro, em 1902.

Com a descida das águas, as margens do Rio Negro e os igarapés acumulam toneladas de lixo doméstico, como garrafas PET e sacos plásticos, além de detritos e peixes mortos. A baixa drástica do Rio Negro afetou também os afluentes, deixando comunidades isoladas em 38 municípios. A cidade, assim como quase todos os municípios do Amazonas, vive uma severa crise ambiental. O tempo seco também colabora com a incidência de queimadas na região, gerando uma “onda” de fumaça na cidade.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp