24 de julho de 2024

Search
Close this search box.

FESTIVAL FARTURA EM INHOTIM – 2ª EDIÇÃO: Evento ocorre nos dias 30 de setembro e 1° de outubro

POR:

POR:

Redação

Foto: Mariana Gontijo/ Divulgação

Evento gastronômico leva grandes chefs ao maior museu a céu aberto da América Latina, num encontro entre a Amazônia e Minas Gerais

Gastronomia é arte e inovação. E a Plataforma Fartura reconhece esta conexão em todas as suas frentes. Como parte desse movimento realiza, nos dias 30 de setembro e 1° de outubro de 2023, a segunda edição do Festival Fartura em Inhotim, em Brumadinho – MG, no maior museu a céu aberto da América Latina. Desta vez, a gastronomia originária brasileira será o ponto de partida da curadoria, que traz sabores da Amazônia a Minas Gerais, além de um convidado de Portugal, berço da cultura nacional. 

Evento será realizado no espaço da obra externa Invenção da cor, penetrável Magic Square #5, De Luxe (1977), de Hélio Oiticica, onde a gastronomia terá interação com a obra do artista e com o Centro Educacional Burle Marx. É esperado um público de 2 mil pessoas por dia, que terá opções de pratos e petiscos nos estandes de restaurantes convidados; além de cozinhas ao vivo – quando o chef prepara os pratos na hora e todos podem provar; haverá também espaço para aulas; a Mercearia Fartura, com produtos de origem; um espaço kids destinado aos pequenos; e um palco com shows musicais e DJs embalando a programação.

Entre os nomes já confirmados, estão: Bela Gil, uma chef que traz muito da culinária brasileira para sua cozinha; Marcia Nunes, Rodolfo Mayer, André Prates, Gabriel Trillo, Paulo Anijar, Débora Shornik, Leo Modesto, Kamira, cozinheira indígena do Xingu, Christiano Seabra, Cristóvão Laruça, Ju Duarte, Mariana Gontijo e Caio Soter. 

“Durante todo o ano, trabalhamos com o tema que mais norteia a Plataforma Fratura: ‘Da origem ao prato’. E nada poderia exemplificar melhor esse conceito que trazer para a pauta a discussão da comida originária brasileira. A comida que sempre existiu, que estava aqui alimentando os povos tradicionais muito antes da chegada dos portugueses”, explica Rodrigo Ferraz, diretor da iniciativa. 

Para Carolina Daher, que divide a curadoria com a chef Morena Leite, será um encontro enriquecedor: “Fomos beber nas águas amazônicas. Estamos trazendo chefs e cozinheiros que trabalham com as riquezas das matas, com as histórias e tradições tanto indígenas, quanto ribeirinhas. Falar sobre ingredientes e técnicas brasileiras na sua essência e que, muitos de nós, desconhecemos. Trazer a Amazônia para Minas Gerais. O encontro das matas da floresta com os matos dos quintais”, comenta.

A primeira edição do Festival Fartura em Inhotim aconteceu em maio de 2022 e teve a formação e educação gastronômica como tema central. Desta vez, sempre em convergência com a inovação presente em ambas as iniciativas, a sustentabilidade será um grande pilar, trazendo ingredientes e receitas não tão conhecidos pelo público.

Fartura – Gastronomia do Brasil é a principal plataforma gastronômica do país, que consiste em pesquisa, compartilhamento de conteúdo e produção de eventos no setor. As Expedições Fartura já visitaram todo o território nacional em mais de 100 mil km rodados em busca de histórias e receitas, que dão origem a livros e filmes premiados, além de conteúdo para a web. Essa pesquisa baseia também a curadoria dos eventos, que já aconteceram em todas as regiões brasileiras. Cerca de um milhão de pessoas já participaram de Festivais Fartura em mais de 10 cidades, desde 2014.

O Festival Fartura em Inhotim é apresentado pelo Ministério da Cultura, Governo de Minas Gerais e Gasmig. Tem o patrocínio da Electrolux, Forno de Minas e Stella Artois,  por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura e da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais. E conta com o apoio do Sebrae Minas.

O Festival é realizado pela Plataforma Fartura – Gastronomia do Brasil,   Governo de Minas Gerais e Governo Federal União e Reconstrução.

Sobre o Instituto Inhotim

O Instituto Inhotim é um museu de arte contemporânea e Jardim Botânico, localizado em Brumadinho (MG). Reconhecido como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) pelo Governo de Minas Gerais em 2008, o Inhotim é uma entidade privada, sem fins lucrativos, mantida com recursos de doações de pessoas físicas e jurídicas – diretas ou por meio das Leis Federal e Estadual de Incentivo à Cultura – , pela bilheteria e realização de eventos. Idealizado desde a década de 1980 pelo empresário mineiro Bernardo de Mello Paz, do solo ferroso de uma fazenda da região nasceu, em 2006, um dos maiores museus a céu aberto do mundo. Sua localização privilegiada – entre os ricos biomas da Mata Atlântica e do Cerrado –, e as paisagens exuberantes ao longo dos 140 hectares de visitação proporcionam aos visitantes uma experiência única que mescla arte e natureza. Cerca de 1.862 obras de mais de 280 artistas, de 43 países, compõem o acervo e são exibidas ao ar livre e em galerias em meio a um Jardim Botânico com mais de 4,3 mil espécies botânicas raras, vindas de todos os continentes.

Festival Fartura em Inhotim

30 de setembro e 1° de outubro, das 10h às 17h.

Ingressos: para acessar o evento, é necessário adquirir o ingresso do Inhotim (https://www.inhotim.org.br/). O acesso ao evento é gratuito para quem estiver no Museu, sujeito à lotação do espaço.

Local: Instituto Inhotim (Rua B, 20, Inhotim – Brumadinho, MG).

Mais informações:

farturabrasil.com.br

Instagram.com/FarturaBrasil 

INFORMAÇÕES GERAIS  

INSTITUTO INHOTIM 

Horários de visitação: de quarta-feira a sexta-feira, das 9h30 às 16h30, e aos sábados, domingos e feriados, das 9h30 às 17h30. 

   
Entrada: R$ 50,00 inteira (meia-entrada válida para estudantes identificados, maiores de 60 anos e parceiros). Crianças de até cinco anos não pagam entrada.      

  

Localização: O Inhotim está localizado no município de Brumadinho, a 60 km de Belo Horizonte (aproximadamente 1h15 de viagem). Acesso pelo km 500 da BR381 – sentido BH/SP. Também é possível chegar ao Inhotim pela BR-040 (aproximadamente 1h30 de viagem). Acesso pela BR-040 – sentido BH/Rio, na altura da entrada para o Retiro do Chalé.  

    

Opções de transporte regular 

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp