20 de fevereiro de 2024

Search
Close this search box.

GESTÃO DE OBRAS: A importância do planejamento para executar uma obra de sucesso

POR:

POR:

Redação

 Foto: divulgação

Saiba como uma gestão de obras eficientes ajuda a não ter contratempos

Construir ou reformar um imóvel pode ser o sonho de muitas pessoas, mas infelizmente o sonho pode se transformar em pesadelo na maioria dos casos. Obras que custam muito mais caro que o estimado e sem contar os tempos. Isso devido a falta de elaboração de projetos, gestão de custos, tempos e qualidade da obra.

Juliana Heredes, Diretora Comercial da INTI Construtora, destaca que uma boa gestão da obra é de fundamental importância para garantir a eficiência de qualquer construção, independentemente de seu tamanho ou complexidade. “A gestão da obra que vai definir o sucesso ou fracasso, evitando que o barato saia caro com surpresas desagradáveis”, afirma.

Além disso, ela acrescenta que o gerenciamento de uma obra inclui um conjunto de documentos como contrato bem definido, responsabilidades, projetos, especificações, cálculos detalhados, cronograma físico-financeiro e lista de materiais que servem como guia para a execução da construção ou reforma. “O setor da construção fica mais competitivo e exigente a cada dia, portanto as empresas precisam otimizar seus processos construtivos. Assim, conseguindo entregar empreendimentos com maior desempenho, maior segurança, menores custos e menos tempo”, completa.

Como o planejamento ajuda a evitar problemas?

A Diretora comercial da INTI Construtora explica que uma obra é composta por uma série de especialidades. “Existe a fundação, a estrutura, as instalações elétricas e hidráulicas. Da mesma forma, ar condicionado, audiovisual, automação  e acabamentos.”, diz.

Com um bom planejamento todos os projetos são compatibilizados, o que significa que são analisados antes da execução para saber se existe alguma inconsistência entre as especialidades. O grande objetivo do planejamento é evitar uma frase comum nas obras, “mas é só quebrar”. No entanto, o que muita gente não entende é que a cada retrabalho (mão de obra por quebrar, mão de obra por refazer, material para refazer o trabalho, e por aí vai) , o cliente vai pagar por um custo adicional e o prazo acaba sendo alterado. Por isso muitas vezes as contas do cliente não fecham.

Outro aspecto relevante é diminuir desperdícios. Quando não existe planejamento é normal ter uma série de desperdícios de materiais, de logística, de tempos, de ferramentas e equipamentos.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp