27 de maio de 2024

Search
Close this search box.

Hospital da Baleia se torna 100% SUS

Hospital da Baleia se torna 100% SUS
POR:

POR:

Redação

Foto: divulgação

Instituição ampliará a capacidade de atendimento da rede pública e acesso à população, com dedicação plena

O Hospital da Baleia, no ano em que completa 80 anos de fundação, se torna-se 100% SUS, ou seja, todos os serviços médicos, exames, cirurgias e leitos da instituição passam a atender à rede pública de saúde com exclusividade. A migração contará ainda com a ampliação do número de leitos de 106 para 202 até o fim do ano de 2024.

Até hoje, o Baleia atuava com 10% dos leitos reservados para o serviço privado, voltado para atendimento dos planos de saúde, Clínica Mais Baleia (serviço de cirurgias com preços diferenciados) e atendimento particular. Com a mudança, a partir de 1º de junho, todos os leitos e serviços terão exclusividade para o setor de regulação da Secretaria Municipal de Saúde – este prazo foi acordado para evitar descontinuidade de procedimentos e tratamentos já iniciados.

Este processo é um passo que foi desenvolvido ao longo dos últim os anos e compõe um movimento de profissionalização da direção do Hospital, realizado sob consultoria da Fundação Dom Cabral. Até então, os membros da diretoria eram voluntários, passando a direção para executivos do mercado com dedicação integral. A família fundadora permanecerá presente na vida do Baleia com assentos nos Conselhos Curador e Consultivo, para manter valores e princípios fundamentais da instituição.

Até hoje, o Baleia tinha apenas um serviço exclusivo para atendimento SUS, o Centro de Reabilitação e Tratamento de Fissuras Labiopalatais e Deformidades Craniofaciais – Centrare. Agora, todas as 33 especialidades serão agendadas de acordo com a demanda recebida via regulação da Secretaria Municipal de Saúde.

Com esta medida, continuará sendo remunerado pela tabela SUS para cada serviço realizado, porém com incentivos para cumprimento de metas alinhadas em acordo com a SMAS, o que pode auxiliar nas contas hoje deficitárias. Como de conhecimento da sociedade, o Baleia acumulou dívidas ao longo dos anos, cumprindo com serviços pagos abaixo do valor custo.

O que já funciona?

Já está implantado e funcionamento o Núcleo Interno de Regulação – NIR, que é uma estrutura dentro do Hospital que desempenha um papel fundamental na gestão de otimização de recursos. O setor controla o fluxo de pacientes em contato contínuo com o setor de regulação da SMAS, viabilizando novas entradas de pacientes assim que possível.

Dívida

A migração não impacta nas dívidas acumuladas da instituição, que seguem sendo geridas com melhorias de procedimentos, aquisição de ferramentas de gestão e profissionalização.

O Baleia segue sendo uma instituição filantrópica, porém atendendo a um único cliente, o SUS. Ou seja, não se torna um hospital de administração pública, apenas de dedicação exclusiva ao Sistema Único de Saúde.

Dados:

Referência 2023*

1.200 pacientes por mês, em média

+ de 130 mil consultas ambulatoriais

10 mil sessões de quimioterapia

25 mil cirurgias

50 mil sessões de hemodiálise

17 mil sessões de radioterapia

400 mil exames

Um total de mais de 700 mil procedimentos

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp