3 de março de 2024

Search
Close this search box.

Oncoclínicas Belo Horizonte participa da Semana de Mobilização Nacional para Doação de Medula Óssea

POR:

POR:

Redação

Foto: Viviane Martinelli

Objetivo da campanha é conscientizar a população para a importância dessa ação e aumentar números de voluntários; evento acontece até o dia 21 de dezembro

De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil possui o terceiro maior banco de doadores de medula óssea do mundo. No país, são mais de 5.667.000 de pessoas cadastradas no Registro Brasileiro de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome), que pertence ao Instituto Nacional do Câncer (Inca), e mais de 619 mil inscritos em Minas Gerais. Desde 2019, a Oncobio, agora Oncoclínicas Cancer Center, já realizou aproximadamente 400 transplantes de medula.

Como forma de conscientizar e esclarecer a sociedade sobre a importância da doação e do transplante de medula óssea foi estabelecida, desde 2009, a Semana de Mobilização Nacional para Doação de Medula Óssea. A campanha visa incentivar o cadastro de voluntários, aumentando a chance de se identificar um doador compatível com milhares de pacientes que estão à espera de um transplante.

“A campanha tem como objetivo esclarecer as pessoas sobre como funciona essa ação, que é realizada por uma simples coleta de sangue, e também sobre a própria doação de medula, em caso de compatibilidade”, reforça a hematologista.

Durante a semana de conscientização, o Redome e os hemocentros do país fazem uma força-tarefa por meio de ações informativas e de cadastro de doadores com o propósito de mobilizar os cidadãos.

“O Brasil é o terceiro maior banco do mundo, mas ainda temos muitos pacientes que não encontram doadores compatíveis. Por isso, é de extrema importância essa mobilização para aumentarmos o número de voluntários doadores”, ressalta a médica hematologista Mariana Chalup, responsável técnica pelo setor de transplante de medula óssea da Oncoclínicas Belo Horizonte.

Hemocentros em Minas

Em Minas Gerais existem 20 hemocentros, dos quais três estão localizados em Belo Horizonte. Após preencher uma ficha com informações pessoais, são retirados 10 ml do sangue do candidato a doador para fazer o exame de histocompatibilidade (HLA), que cruza com os dados de pacientes à espera do transplante. É importante que os voluntários mantenham seu cadastro atualizado (telefone, endereço, e-mail).

Para ser doador é necessário estar em bom estado geral de saúde, não apresentar doença neoplásica (câncer), hematológica (do sangue) ou do sistema imunológico. Em junho de 2021, o Ministério da Saúde alterou a idade limite de cadastro de doadores de medula óssea no Brasil, de 55 para 35 anos, a fim de se alinhar aos demais cadastros de medulas ósseas mundiais.

Caso o doador seja compatível com algum paciente, a doação da medula pode ser feita pela coleta de células-tronco em sangue periférico, por meio de um procedimento chamado aférese, ou através da coleta de medula óssea realizada em bloco cirúrgico, sob sedação. Em ambos os casos, os procedimentos são muito seguros e minimamente desconfortáveis.

Em Belo Horizonte, a Oncoclínicas realiza, desde agosto de 2019, transplantes alogênicos e autólogos, e conta com profissionais com mais de 20 anos de experiência em todos os níveis: hematologistas, especialistas em transplantes de medula óssea, oncologistas clínicos, cirurgiões oncológicos, pediatras, radio-oncologistas, enfermeiros e profissionais de cuidados continuados.

Como é o transplante

O transplante de medula óssea é indicado para portadores de doenças onco-hematológicas como leucemias, síndrome mielodisplásica, linfomas e mieloma múltiplo, alguns tumores sólidos, como neuroblastoma, e também doenças benignas, como falências medulares, imunodeficiências congênitas e hemoglobinopatias.

O paciente é submetido a uma quimioterapia especial, chamada condicionamento, e fica internado em regime de isolamento especial até que a medula óssea do doador comece a produzir os glóbulos brancos, que são as células de defesa do sistema imunológico, o que é chamado de “pega” da medula óssea ou enxertia.

Serviço:

Semana de Mobilização Nacional para Doação de Medula Óssea

Data: 14 a 21 de Dezembro

Local: Hemocentros de Minas Gerais

Confira aqui os locais: http://www.hemominas.mg.gov.br/unidades-e-contratantes

Sobre a Oncoclínicas&Co  

A Oncoclínicas&Co. – maior grupo dedicado ao tratamento do câncer na América Latina – tem um modelo especializado e inovador focado em toda a jornada do tratamento oncológico, aliando eficiência operacional, atendimento humanizado e especialização, por meio de um corpo clínico composto por mais de 2.700 médicos especialistas com ênfase em oncologia. Com a missão de democratizar o tratamento oncológico no país, oferece um sistema completo de atuação composto por clínicas ambulatoriais integradas a cancer centers de alta complexidade.

Atualmente possui 143 unidades em 38 cidades brasileiras, permitindo acesso ao tratamento oncológico em todas as regiões que atua, com padrão de qualidade dos melhores centros de referência mundiais no tratamento do câncer. Com tecnologia, medicina de precisão e genômica, a Oncoclínicas traz resultados efetivos e acesso ao tratamento oncológico, realizando aproximadamente 615 mil tratamentos nos últimos 12 meses. É parceira exclusiva no Brasil do Dana-Farber Cancer Institute, afiliado à Faculdade de Medicina de Harvard, um dos mais reconhecidos centros de pesquisa e tratamento de câncer no mundo. Possui a Boston Lighthouse Innovation, empresa especializada em bioinformática, sediada em Cambridge, Estados Unidos, e participação societária na MedSir, empresa espanhola dedicada ao desenvolvimento e gestão de ensaios clínicos para pesquisas independentes sobre o câncer. A companhia também desenvolve projetos em colaboração com o Weizmann Institute of Science, em Israel, uma das mais prestigiadas instituições multidisciplinares de ciência e de pesquisa do mundo, tendo Bruno Ferrari, fundador e CEO da Oncoclínicas, como membro de seu board internacional.

Para mais informações, acesse http://www.grupooncoclinicas.com

 

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp