24 de maio de 2024

Search
Close this search box.

Proprietário de tabacaria em BH é investigado por suspeita de recrutamento de brasileiros para grupo terrorista

Conforme divulgado pela “TV Globo” no último domingo (12), o proprietário de duas tabacarias em Belo Horizonte se tornou o principal alvo de uma operação da Polícia Federal
POR:

POR:

Redação

Conforme divulgado pela “TV Globo” no último domingo (12), o proprietário de duas tabacarias em Belo Horizonte se tornou o principal alvo de uma operação da Polícia Federal, que investiga o recrutamento de brasileiros pelo grupo extremista Hezbollah. Mohamad Khir Abdulmajid, atualmente procurado pela Interpol, foi identificado como alvo da PF em 2021 durante uma investigação por contrabando. Segundo informações, Abdulmajid é suspeito de vender produtos ilegais para financiar atividades terroristas.

A administração das duas tabacarias no Centro de BH, incluindo uma no Mercado Central, estaria a cargo de sua esposa, conforme revelado pelo programa “Fantástico” deste domingo (12). A PF afirma que ele é o proprietário dos estabelecimentos. Vale lembrar que na última semana, a Polícia Federal conduziu a operação Trapiche para interromper atos preparatórios para possíveis ataques terroristas no Brasil, especialmente contra alvos da comunidade judaica, como sinagogas. De acordo com o programa, em um trecho da representação policial da força-tarefa, o delegado responsável afirma que há indícios de que Mohamad Khir faz parte do grupo paramilitar.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp