27 de maio de 2024

Search
Close this search box.

QUARESMA: Cervejaria Uaimií apresenta opções de pratos sem carne vermelha

QUARESMA: Cervejaria Uaimií apresenta opções de pratos sem carne vermelha
POR:

POR:

Redação

Foto: Bruno Correa

A Cervejaria Uaimií preparou um cardápio especial para o período da quaresma, em que muitas pessoas preferem não comer carne vermelha. “Pensamos em boas opções sem carne, e todas podem ser harmonizadas com nossas cervejas”, fala o chef da casa, Vicente Ramos.

As opções do cardápio para este período são: gravilax de salmão, que é um sanduíche de salmão; o tradicional fish and chips; tosta de avocado e ovo cozido (uma obra-prima da culinária, que une a rusticidade do pão artesanal à cremosidade da fonduta de queijo, coroada com uma rica pasta de abacate temperado, ovo cozido e o toque final de alho frito supercrocante); e ceviche de cogumelo. E para quem precisa de um lanche mais rápido, a opção é a quiche de alho poró, com massa fina e crocante, leve, mas com sabor intenso.

“Já o nosso gravilax é servido com sour cream (creme azedo) à base de creme de leite, cream cheese e iogurte natural, raspas de limão siciliano, limão e endro e acompanha pão de iogurte”, conta Vicente. Lembrando que o gravilax é uma técnica da culinária escandinava muito usada por pescadores como forma de conservação dos peixes de maneira geral, em que eles eram enterrados em areias geladas para que ocorresse seu processo de fermentação. Pode-se usar qualquer peixe, de preferência os mais gordos. Mas o maior destaque é o salmão. O gravilax é cortado em fatias finas, podendo ser utilizado como petisco ou em sanduíches.

Agora é só reunir a turma e ir provar essas delícias tomando uma Uaimií!

Sobre a Uaimií

A cervejaria Uaimií, localizada no bairro Sion, em Belo Horizonte. Fundada em 2014 pelo proprietário e cervejeiro Normando Campos, a cervejaria tem construído sua história como uma marca mineira bem-sucedida. “Uaimií” significa “nascente do Rio das Velhas”, em tupi-guarani. A fazenda está localizada na Estrada Real, entre Itabirito e Ouro Preto, e suas cervejas são uma homenagem à bacia do Rio das Velhas. “Antes de abrir a fábrica, estudei e viajei muito com meus pais para podermos ter certeza do que queríamos e como queríamos. Ter uma fábrica de fazenda, com raízes fortes, foi o que nos motivou”, conta Normando.

Assim, Uaimií é o nome da primeira cerveja de fazenda produzida. Depois vieram as outras, todas com uma história por trás. Por exemplo: a primeira linha é baseada em personagens históricos, já a segunda, remete à fauna e à flora da bacia do Rio das Velhas. “Todo rótulo tem uma alusão ao lugar onde estamos inseridos”, comenta Normando.

Atualmente, são produzidos e envasados sete tipos de cervejas e chopes nobres, integralmente preparados com ingredientes nacionais e importados, finos e selecionados: Dortmunder Export, American Pale Ale, Dry Stout, Witbier, Bière de Garde, IPA e Helles Bock. A Saint Hilaire, que é a Biere de Garde (uma cerveja estilo Ale de fazendas do norte da França, com alta fermentação) e a Chico Rei (Dry Stout) já foram premiadas no Festival Brasileiro da Cerveja.

A fábrica tem também uma questão socioambiental muito forte. A energia é produzida lá mesmo, por meio do reaproveitamento da água e do reaproveitamento do bagaço para adubo, minimizando os impactos no meio ambiente. Com capacidade para até 22 mil litros, a cervejaria prevê um aumento da fábrica.

Serviço

Rua Grão Mogol, 1176 – Sion

Tel: (31)3285-3435

WhatsApp: (31)99830-7466

Site: www.uaimii.com.br

Instagram: @uaimii

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp